Você sabe como funciona a logística reversa para produtos perecíveis? Quem gerencia um supermercado precisa compreender esse processo. Afinal, existem diversas situações em que é necessário devolver produtos, não é mesmo?

Nós sabemos da importância desse tema e como é difícil encontrar informações confiáveis a respeito. Por isso, preparamos este post. A seguir, você encontrará tudo o que precisa sobre o assunto! Acompanhe!

O que é a logística reversa?

Para que você entenda o funcionamento da logística reversa de produtos perecíveis, primeiro precisa conhecer melhor esse conceito. O termo é utilizado desde 1990 e vem ganhando ainda mais destaque graças ao aumento da preocupação com os impactos da atividade industrial e empresarial no meio ambiente.

A logística reversa está relacionada à gestão de produtos após o fim do seu ciclo de vida. Em outras palavras, ela é a responsável por assegurar que um bem inapropriado para o consumo humano seja descartado da maneira adequada.

A empresa coleta, devolve ou reaproveita os resíduos sólidos e, assim, dá um fim mais sustentável e seguro ao produto. Por isso, ao conseguir executar tal processo, o empresário alcança a sustentabilidade econômica e ambiental de seu negócio.

Vale a pena destacar que a logística reversa surgiu para neutralizar os impactos ambientais causados pelo descarte inadequado de produtos tóxicos e prejudiciais à natureza, como lixo hospitalar, pneus, pilhas e baterias. Entretanto, tornou-se essencial para todo e qualquer negócio que se preocupa com o meio ambiente.

Como funciona a logística reversa para alimentos perecíveis?

Agora que você já conhece o conceito, é capaz de imaginar como funciona a logística reversa para alimentos perecíveis? Acredite, o processo é simples e muito vantajoso!

A ideia desse procedimento é adaptar a cadeia de suprimentos para que os resíduos sejam devolvidos ao fabricante, seja por defeito, erro no pedido ou até desuso de quem o adquiriu. No caso de bens perecíveis, o maior motivo é a expiração do prazo de validade.

Mesmo com todos os cuidados necessários e uma boa gestão de estoque, é possível que alguns alimentos se percam dentro dos armazéns ou nas gôndolas de seu supermercado. Nesse caso, a solução mais indicada é a sua devolução ao fabricante.

Trata-se de uma atividade que depende da participação ativa de todos os envolvidos. A empresa deve ficar atenta à logística de gerenciamento e armazenagem dessas mercadorias e a indústria deve cumprir com o seu papel de receber e dar a destinação adequada a elas.

Em primeiro lugar, o supermercado precisa montar um plano de acompanhamento das datas de validade dos produtos em estoque e adotar boas práticas de conservação, como manter a temperatura adequada em produtos refrigerados e evitar a exposição a produtos químicos e umidade, por exemplo.

Caso seja identificado o perecimento de mercadorias, é preciso separá-las, para que o fornecedor possa recolhê-las e dar um fim que prejudique menos o meio ambiente. Para isso, a comunicação direta e eficaz com a indústria é fundamental.

Quais as vantagens desse processo para o seu supermercado?

Todo negócio busca crescer e se destacar no mercado. No entanto, essa não é uma tarefa simples e exige dos gestores atenção a diversos aspectos, inclusive à logística reversa. Mas como esse procedimento pode ajudá-lo?

Para que você entenda de uma vez por todas a importância de devolver à indústria os produtos perecíveis que não servem mais para o consumo, reunimos os grandes benefícios dessa ação. Confira!

Promove a sustentabilidade econômica

O primeiro ponto a ser enfatizado sobre a logística reversa de alimentos perecíveis é que isso contribui para a sustentabilidade econômica do negócio.

Na prática, é possível fazer acordos com o fornecedor para que ele receba essas mercadorias de volta em troca de descontos ou até mesmo realize a substituição. Ou seja, o prejuízo pela perda do produto é compensado e as finanças do seu supermercado não são tão prejudicadas.

Promove a sustentabilidade ambiental

A sustentabilidade ambiental é outro aspecto muito importante da logística reversa. Aliás, todo negócio deve pensar melhor sobre os impactos de sua atividade no meio ambiente e entender que é dever de todos trabalhar para um futuro mais sustentável.

Quando você devolve à indústria um material que não pode ser usado para consumo humano e ela consegue fazer o seu descarte adequado e seguro, o que seria um simples lixo pode se transformar em adubo ou receber uma função diferente e menos prejudicial à natureza.

Melhora a imagem do negócio

O mundo moderno se preocupa e valoriza a sustentabilidade. O consumidor atual está sempre atento à maneira com que as empresas e marcas lidam com o meio ambiente e isso tem um forte impacto na imagem de um negócio.

Ser reconhecido no mercado como um supermercado consciente e preocupado em cuidar da natureza pode ser o seu grande diferencial. Além de todos os benefícios, isso ajuda a fortalecer sua marca e torná-la referência.

Atrai mais clientes

Bons exemplos são capazes de atrair clientes ao seu supermercado e a adoção da logística reversa para alimentos perecíveis é uma grande oportunidade.

Conforme mencionamos, o consumidor contemporâneo é exigente e valoriza empresas com uma forte preocupação social e ambiental. Mesmo que o seu objetivo não seja esse, acredite: é possível conquistar o respeito e a preferência de novos públicos com essa atitude.

Organiza o estoque

Por fim, é interessante destacar que a implementação desse processo o ajudará a gerenciar melhor seu estoque. Isso acontece devido ao maior controle sobre os prazos de validade, à realização adequada do inventário e aos cuidados para garantir que as mercadorias sejam preservadas dentro do armazém e nas prateleiras.

Além disso, com a devolução de itens inadequados ao consumo, você libera espaço no estoque. Otimizar o ambiente disponível para armazenagem é um dos grandes desafios da logística de um supermercado.

Viu só como a logística reversa para produtos perecíveis é importante para seu negócio? Além de contribuir para a sustentabilidade ambiental, esse processo traz inúmeros benefícios ao supermercado, melhorando a gestão do estoque, atraindo novos consumidores e aumentando seus lucros. Por isso, não perca mais tempo e comece a colocá-la em prática o quanto antes.

Gostou deste post e quer aprender um pouco mais sobre a gestão de supermercados? Então, confira nosso texto sobre como fazer uma boa gestão de perdas em seu negócio!