Inúmeros aspectos contribuem para o aumento das vendas em uma empresa. Mas você sabia que o layout das gôndolas do supermercado pode ser um fator decisivo para o negócio?

Todos os dias, inúmeros clientes entram e saem do seu estabelecimento. Alguns deles têm uma lista em mãos e voltam para casa exatamente com o que queriam. Outros são mais flexíveis e acabam levando alguns produtos a mais.

Seja qual for o perfil do consumidor, é certo que a maneira como as gôndolas e os produtos são organizados pode fazer toda a diferença para as vendas. E como muitos empresários do setor ainda têm dúvidas quanto a essa estratégia, preparamos este post.

Quer entender melhor? Continue a leitura!

O poder das prateleiras nos varejistas

Cada setor da economia possui seus desafios. Enquanto uma loja virtual precisa se esforçar para atrair o consumidor até o seu site, um varejista com loja física deve superar a limitação de espaço e distribuir os produtos de forma estratégica nas prateleiras.

Por isso dizemos que existe poder nas gôndolas de um supermercado. E ele pode ser positivo ou negativo, dependendo das estratégias que você utiliza.

Com organização, é possível expor os produtos de maneira atrativa, convidar o cliente às compras complementares, aperfeiçoar a gestão do estoque e ainda otimizar a utilização do espaço. Ou seja, com as técnicas adequadas, o lucro pode ser muito maior.

As 5 melhores dicas para organizar o layout das gôndolas do supermercado

Para que você não cometa falhas e saiba como aproveitar todo o potencial do estabelecimento, reunimos as 5 melhores dicas sobre o layout das gôndolas. Continue a leitura e anote bem as estratégias!

1. Conheça os principais modelos de organização

O primeiro passo é conhecer as 4 formas básicas de organização das gôndolas e as vantagens e desvantagens de cada uma:

  • vertical — oferece bom impacto visual e facilita a observação dos produtos pelo consumidor durante sua caminhada pelo espaço do supermercado;
  • horizontal — apresenta alguns problemas, como a dificuldade de visualizar os produtos, já que eles costumam ser enfileirados em níveis;
  • em blocos — nesse modelo, os produtos são separados por marca ou tipo, o que ajuda o cliente a escolher a mercadoria e a comparar preços, por exemplo;
  • sazonais — é muito eficaz em datas comemorativas, como Carnaval e Festa Junina, pois facilita a visualização e estimula a compra.

Perceba que, a depender da necessidade ou estratégia de venda, todos esses modelos podem ser utilizados em seu negócio. O primeiro passo é conhecê-los bem e entender os prós e os contras.

2. Seja estratégico na organização dos níveis das prateleiras

Uma prateleira de supermercado tem diversos níveis e, claro, os produtos devem ser distribuídos levando-se em consideração alguns fatores. Ou seja, não é nada produtivo organizar as mercadorias de maneira aleatória.

Cada item possui uma relevância maior ou menor para o consumidor e você deve identificar muito bem esse fator para melhorar as vendas. Observe:

  • acima da cabeça — coloque produtos que todo supermercado precisa oferecer, mas que não apresentam grande volume de vendas;
  • altura dos olhos — esse é o local de destaque e, por isso, deve ser reservado aos itens com maior giro e lucratividade. Além disso, procure disponibilizar nesses espaços produtos que as pessoas levam quase que por impulso, como chocolates;
  • linha da cintura — também em função do apropriado campo de visão, o ideal é que essa área seja reservada aos produtos com boa saída;
  • abaixo da cintura — reserve tais prateleiras para itens com preço mais e conta e boa rotatividade;
  • no chão — nesse nível devem ser organizados os produtos mais pesados, a fim de evitar perdas durante o deslocamento e reduzir os riscos de acidentes.

3. Elabore um planograma

Você já ouviu falar em planograma? Esse documento é o planejamento do layout das gôndolas do supermercado, sendo essencial para gerenciar a tarefa e aumentar a saída dos produtos em estoque.

Para adotar a estratégia, deve-se fazer um desenho especificando a localização ideal de cada categoria, a disposição de marcas concorrentes, além das orientações para os funcionários responsáveis pela reposição dos produtos nas prateleiras.

Vale a pena destacar que o desenho pode ser elaborado com o auxílio da tecnologia. Porém, caso não seja possível, uma lousa ou mesmo uma folha de papel podem ser suficientes.

4. Identifique os pontos de maior circulação

Todo supermercado possui uma área em que circulam mais pessoas — conhecida como ponto quente — e uma em que o fluxo de clientes é menor — o ponto frio. Essa é uma informação muito estratégica e vale o tempo gasto com a observação.

Identificando a área de maior circulação, é possível direcionar os produtos com maior lucratividade para ela. De modo diverso, você pode ser ainda mais estratégico e estimular a compra de produtos com baixa saída, colocando-os nesses locais.

A ideia é ter o conhecimento sobre essas áreas e aproveitá-lo da maneira que melhor atenda às suas necessidades.

5. Use a localização como vantagem estratégica

Seu supermercado possui uma padaria ou um açougue? Onde esses ambientes estão localizados? Muitos empresários do setor ignoram o quanto a disposição adequada desses serviços pode elevar as vendas.

Em geral, a procura pelo pãozinho e pela carne é constante, e isso desencadeia a ida do consumidor diversas vezes ao seu ponto de venda. Por isso, o mais indicado é que esses setores da loja sejam instalados no fundo do estabelecimento, levando o cliente a caminhar por entre as prateleiras até chegar lá.

Além disso, que tal apostar na venda casada e organizar produtos complementares perto desses locais? Uma opção é, por exemplo, disponibilizar manteiga, presunto e iogurte próximos à padaria e temperos e verduras perto do açougue.

Organizar o layout das gôndolas do supermercado é um desafio, mas não se trata de uma missão impossível. Quem empreende nessa área precisa estar atento a tudo o que pode influenciar em sua rentabilidade e, sem dúvidas, a disposição dos produtos nas prateleiras é um fator a ser avaliado. Por isso, aproveite as dicas e comece a planejar melhor o seu PVD!

Gostou das sugestões? Quer ficar por dentro das novidades e acompanhar notícias que podem ajudá-lo a gerenciar o seu supermercado? Então, curta a nossa página no Facebook!