Quando foi a última vez que você estudou sobre a organização da gôndola de supermercado? Apesar de muito importante, o assunto nem sempre é abordado como deveria e, por isso, diversos negócios deixam de aproveitar grandes oportunidades.

Em geral, a exposição de produtos dentro do supermercado é determinante para a conquista de um bom volume de vendas, mas nem todos os gestores entendem essa premissa e sabem como organizar melhor suas prateleiras.

Se você também enfrenta essas dificuldades, é hora de superá-las. Continue a leitura e saiba mais sobre o tema!

Por que organizar as gôndolas do supermercado?

Vender bem é o desejo de todo empresário que atua no ramo supermercadista. Porém, como você bem sabe, essa não é uma tarefa simples. O mercado está cada dia mais concorrido, e o consumidor se tornou mais seletivo e criterioso na hora das compras.

Não basta fazer com que ele vá até o estabelecimento. É preciso investir em estratégias que o estimulem a comprar aquilo de que precisa e, ainda, produtos complementares. Mas, afinal, como isso é possível?

A organização das gôndolas é a resposta para esse problema, pois otimiza o ponto de venda e o torna mais atrativo. Ou seja, esse não é apenas um espaço onde os itens ficam expostos. Na verdade, a posição do produto afeta diretamente seu desempenho nas vendas.

Seja qual for o porte do seu supermercado, é preciso pensar nesse aspecto com mais atenção. O layout das gôndolas merece sua dedicação e, certamente, trará grandes resultados ao negócio.

Como o comportamento do consumidor influencia nas compras?

Você já deve ter ouvido dizer que o comportamento do consumidor mudou bastante nos últimos anos. É verdade! Essa não é uma simples frase — trata-se de um fato que pode ser facilmente percebido no dia a dia de um negócio.

Dentro do supermercado, é possível observar que as compras são mais planejadas, há uma tendência pela pesquisa de preços e uma maior abertura para novas marcas e embalagens econômicas.

Tudo isso pode influenciar nas compras realizadas e, claro, precisa ser levado em consideração pelo empresário do setor. Em resumo, conhecendo esse novo padrão de comportamento, é essencial estudar melhor a forma como os produtos serão distribuídos pelo ponto de venda.

Ao entender o roteiro que o consumidor faz dentro do supermercado, é possível trabalhar e estimular a compra de determinados itens, aumentar a visibilidade de produtos com menor saída e fomentar as compras por impulso e complementares, como pão, manteiga e leite.

Organização da gôndola de supermercados: como fazer?

Para profissionais experientes na área de marketing, a organização da gôndola de supermercados pode até ser uma tarefa simples, mas essa não é a realidade de grande parte dos empresários do setor. Ainda assim, é possível aprender alguns truques para expor os itens com mais eficiência e aumentar suas vendas. Confira como conquistar esse objetivo!

Produtos de alto giro e mais procurados

Os produtos mais procurados e de alto giro, como carnes e hortifruti, não devem ser posicionados logo no início da loja. Afinal, eles atraem muitos consumidores e podem servir de estímulo para que eles levem outros itens durante a visita.

A ideia é que o cliente percorra um caminho estratégico até chegar a esses produtos. Por isso, reserve um local mais no fundo do supermercado e pense sobre os itens que serão colocados próximos a eles.

Ações promocionais

As ações promoções são uma alternativa interessante para aumentar a saída de itens parados há muito tempo nas gôndolas. No entanto, para que elas atinjam o objetivo esperado, é importante que você saiba posicioná-los adequadamente. O ideal é que sejam colocados nas pontas das gôndolas, em ilhas ou em locais de fácil visualização. Dessa maneira, os produtos atrairão mais consumidores e sairão com mais facilidade.

Produtos menos procurados

Você sabe onde colocar os produtos menos procurados? Descartáveis, geleias e lâminas de barbear, por exemplo, podem não ter uma demanda tão grande como os demais. Nesse caso, é preciso ser estratégico e destacá-los de alguma maneira. Que tal colocá-los próximos a produtos de maior saída e que sejam complementares? As geleias poderiam ser organizadas próximo à padaria ou em um corredor que leve até esse setor, por exemplo.

Datas sazonais

As datas sazonais reservam grandes oportunidades para o setor supermercadista. É comum que, durante algumas épocas do ano e em datas comemorativas, como Páscoa, Carnaval e festas juninas, a saída de determinados produtos cresça bastante. Sendo assim, pense em um local de destaque para eles. Invista na sinalização de PDV e se esforce para destacá-los, chamando a atenção do cliente e estimulando sua venda.

Produtos destinados às crianças

Em relação aos produtos destinados às crianças, é preciso pensar como elas para encontrar o local ideal. Salgadinhos, balas, chocolates e outras guloseimas chamam a atenção desse público e, por isso, devem ser organizados dentro do seu campo de visão, em prateleiras mais baixas e próximos aos caixas.

Como organizar as gôndolas por níveis?

Além das dicas apresentadas, é importante que você saiba que existe um método de organização de gôndolas de supermercado muito útil e produtivo. Ele se baseia em posicionar os produtos de forma estratégica em cinco níveis. Confira!

Nível 1: acima da cabeça

Os produtos colocados acima da cabeça têm menor visibilidade. Por esse motivo, é interessante reservar esse local para itens de menor demanda e procura.

Nível 2: altura dos olhos

Esse nível é conhecido como a área nobre da gôndola, pois permite melhor visualização dos produtos. Reserve esse local para os itens de maior lucratividade, ou seja, aqueles mais caros e que são comprados por impulso.

Nível 3: linha da cintura

A linha da cintura também tem uma boa visibilidade dentro do supermercado. Nesse caso, é interessante colocar nesse local os produtos que são mais procurados pelo seu consumidor.

Nível 4: abaixo da cintura

O setor abaixo da cintura já não está no campo de visão do cliente. Para aproveitar bem esse espaço, que tal colocar os produtos que mais vendem e os mais baratos? Como a procura sempre existe, o consumidor não deixará de buscá-los.

Nível 5: chão

Evite usar o chão para expor produtos. Porém, esse local pode ser usado no caso de itens pesados e de grande volume.

Viu só como a organização da gôndola de supermercados não é uma missão impossível? Com estratégia e planejamento, é possível expor seus produtos de maneira inteligente e ampliar consideravelmente suas vendas. Por isso, não perca mais tempo! Aproveite as dicas apresentadas e faça as mudanças necessárias em seu negócio.

A CISS é uma fábrica de softwares especializada no setor supermercadista. Entre em contato com um de nossos consultores e veja como a tecnologia pode ajudá-lo a transformar os resultados de sua empresa!

Compartilhar