As vendas no supermercado estão diretamente relacionadas a situações como período do mês, datas comemorativas e condições climáticas. Por isso, empresários e gestores precisam de um bom planejamento para lidar com a demanda sazonal. Dessa forma, é possível reduzir as perdas de mercadorias, eliminar a falta de produtos nas gôndolas e, claro, aumentar a lucratividade.

Confira neste artigo as principais dicas para conquistar resultados positivos com a demanda sazonal e garantir estabilidade no faturamento da sua empresa!

1. Crie um cronograma por períodos

Cada empreendimento tem sua própria sazonalidade. Em uma sorveteria, a tendência é que os picos de vendas ocorram no verão e nos dias mais quentes do ano. Já os do supermercado geralmente correspondem ao início do mês — quando os clientes costumam receber os pagamentos.

Portanto, o primeiro passo para suprir a demanda sazonal é elaborar um cronograma por períodos. Uma sugestão é dividir em dois tipos: mensal e anual.

No primeiro, separe o mês em semanas e analise qual o perfil da maioria dos clientes. Ou seja, quais mercadorias eles costumam adquirir em cada uma das semanas. Comumente, é uma boa estratégia aumentar o investimento em suprimentos básicos na primeira semana, como arroz, feijão, carnes, óleo e produtos do hortifrúti.

No cronograma anual, considere as datas sazonais de cada mês. Eventos comemorativos aumentam a busca por determinados produtos. Alguns exemplos são:

  • Natal: vinhos, refrigerantes, aves, carnes bovina e suína;
  • Carnaval: cervejas, bebidas destiladas e produtos para churrasco;
  • Páscoa: chocolates e derivados.

Além disso, explore as possibilidades de reduzir o estoque nos meses em que não há eventos festivos: janeiro pode ser aproveitado para diminuir o estoque do Natal, promover o tradicional saldão e ampliar a venda de material escolar. Setembro é um boa época para reforçar o planejamento e as ações dos meses seguintes, já que o dia da Independência do Brasil não altera a rotina do supermercado.

2. Realize promoções em datas especiais

Com o cronograma e o histórico de vendas à disposição, é hora de criar promoções para as datas comemorativas. Ao fazer isso, você pode aumentar a saída de mercadorias, atrair novos consumidores, diferenciar-se da concorrência e eliminar déficits de caixa dos períodos anteriores.

As campanhas promocionais devem ser compatíveis com o momento. Por isso, utilize técnicas de sincromarketing —  quando o padrão das demandas é alterado a partir da definição de promoções e outros incentivos — e desenvolva uma política de preços a partir das necessidades identificadas na elaboração do cronograma.

Confira algumas datas especiais e quais produtos colocar em promoção:

  • dia do atleta (10 de fevereiro): alimentos fitness e funcionais, como cereais integrais e suplementos. Aproveite o mês de fevereiro e o início de março para fazer promoções de Carnaval;
  • dia do consumidor (15 de março): faça uma campanha de marketing consistente e distribua brindes nas compras de determinados produtos — se possível, aqueles de menor saída;
  • abril e maio: no mês da Páscoa, realize ofertas de chocolates. Em maio, coloque em promoção alguns itens que podem virar presentes para as mães;
  • dia dos namorados (12 de junho): chocolates, flores, eletroeletrônicos e vestuário são alternativas para aquecer as vendas do varejo;
  • agosto: o segundo domingo é dedicado aos pais. Coloque eletrônicos, bebidas e kits de churrasco em evidência;
  • dia das crianças (12 de outubro): faça campanhas promocionais de brinquedos e outros artigos infantis;
  • novembro: a Black Friday é uma das melhores oportunidades de vendas para os varejistas, principalmente a última sexta-feira do mês. Promova ofertas de itens diversificados;
  • dezembro: o Natal e o Réveillon são ótimos para reduzir o preço de bebidas, carnes e ingredientes para as refeições. As ceias prontas para o Natal também aumentam o faturamento do supermercado.

Lembre-se do seguinte: para manter a visibilidade do empreendimento, é interessante não restringir as promoções aos períodos festivos. Outra estratégia para solidificar o quadro de vendas é atuar com a produção nivelada ao longo do ano. Dessa forma, evita-se desperdício de tempo, dinheiro e mão de obra, sobretudo quando há demanda sazonal.

3. Planeje o estoque

Para atender a demanda sazonal, é indispensável planejar o estoque e realizar as compras com antecedência. Certifique-se de que os produtos adquiridos são compatíveis com o público-alvo e o período do ano. Observe também os vencimentos das mercadorias para evitar perdas.

Existem algumas estratégias para aumentar a eficiência do controle do estoque e não deixar as prateleiras vazias: a primeira é contar com um software desenvolvido para supermercados. Com ele, será possível gerenciar e otimizar todas as atividades.

Outra maneira de determinar a quantidade de produtos é calcular o índice de sazonalidade (busca por determinado item). Para tanto, verifique a média de vendas mensais do último ano. Feito isso, divida as médias em 4 partes. O resultado obtido revelará a demanda trimestral. Cabe ressaltar que esse cálculo não aborda as variações sazonais simples.

4. Diversifique o mix de produtos

A qualidade, quantidade e variedade dos produtos têm grande influência no comportamento do consumidor. Geralmente, os clientes buscam novidades e estão dispostos a investir um pouco mais nas datas especiais.

Sendo assim, esse é um bom momento para o supermercadista disponibilizar mercadorias de marcas novas ou aquelas recém-lançados pelas fornecedoras tradicionais. Diversificar o mix de produtos também significa se destacar no mercado e melhorar a experiência de compra do shopper.

5. Utilize planos de contingência

O aumento do volume de vendas requer cuidados específicos para evitar surpresas desagradáveis. O supermercado deve ser capaz de reagir de maneira rápida e eficiente às oscilações provocadas pela demanda sazonal.

Ou seja, ter planos de ações para evitar, por exemplo, as filas extensas nos caixas e os atrasos nas entregas em domicílio. Um bom plano de contingência conta com contratação de novos colaboradores, aumento do espaço para armazenamento de mercadorias, compras antecipadas de produtos e ampliação de motoristas e veículos do supermercado.

6. Trabalhe com fornecedores confiáveis

O sucesso do supermercado depende da qualidade e disponibilidade de produtos. Optar por parceiros comerciais competentes é fundamental, especialmente quando é preciso atender o aumento da demanda. Para acertar na escolha, considere aqueles fornecedores que:

  • oferecem bons prazos de pagamento e entrega rápida;
  • têm estabilidade financeira e boa reputação no mercado;
  • facilitam as negociações;
  • dispõem de certificação ISO 9001.

Para suprir as necessidades dos clientes e aumentar os lucros do negócio, o supermercadista deve permanecer atento ao calendário, elaborar um planejamento estratégico, fazer promoções e ter fornecedores confiáveis. Mas não é só: é fundamental acompanhar o histórico de vendas dos períodos sazonais anteriores para aprimorar as estratégias que deram certo e eliminar as falhas.

Agora que você já sabe como atender a demanda sazonal, que tal descobrir como aumentar o desempenho do seu supermercado montando um calendário promocional? Leia o nosso artigo!