Você já pensou que oferecer opções de meios de pagamento tornam o seu supermercado mais atrativo? Desde possibilidades a prazo até as novas soluções digitais têm vantagens que diversos perfis de clientes buscam na hora de comprar.

Ter tal variedade trata-se de diversificar as formas de recebimento disponibilizadas para responder a demandas diferentes de grupos de consumidores com necessidades múltiplas, abrangendo e atendendo a todos. Entenda melhor como isso funciona neste artigo! 

Qual a importância de oferecer diversas possibilidades de meios de pagamento?

Devido ao histórico econômico e social do Brasil, os supermercados tendem a preferir o recebimento à vista. Por muito tempo, a maioria dos consumidores somente podia fazer isso pagando em dinheiro. 

Mas com a ampliação do acesso a contas bancárias, as novas opções de meios digitais e a elevação da oferta de vales-alimentação aos trabalhadores pelas empresas, outras possibilidades passaram a ser comuns. Dessa forma, aceitar essas modalidades se tornou uma necessidade. 

Agora, disponibilizar esse benefício ao cliente, que escolhe como vai pagar e pode comprar a prazo se precisar, também significa melhorar a sua experiência de compra. Isso é uma vantagem para o estabelecimento, que tem como retorno a maior fidelização e o aumento do ticket médio.

Quais são os principais meios de pagamento para supermercados?

Um bom mix de meios de pagamento precisa englobar as necessidades de perfis diferentes de consumidores. Para tanto, opções tecnológicas e tradicionais, à vista e de parcelamento, com benefícios e funcionais, devem ser mescladas. Veja as 7 principais a seguir!

1. Crediário

A possibilidade mais comum de resolver a demanda por pagamento a prazo é o crediário próprio. Mesmo se tornando defasada e gerando preocupações com a inadimplência para os supermercadistas, essa é ainda uma opção importante para atender a um grupo de clientes mais tradicional ou que não tem conta em banco.

No entanto, o que parece ser um problema — garantir o recebimento de quem não tem histórico financeiro — é exatamente a sua vantagem. Esse público, que normalmente conta com poucas oportunidades de crédito, se torna fiel ao seu estabelecimento.

Os riscos desse modelo são minimizados por um processo de cadastro e pesquisa bem completo, assim como uma parceria com uma empresa de proteção de crédito estabelecida. Dessa forma, a segurança cresce.

2. Cartões próprios

Outra maneira de oferecer pagamento a prazo é o cartão próprio. O chamado private label funciona da mesma forma que os cartões de crédito. Entretanto é sem bandeira e somente pode ser usado para comprar do emissor ou de parceiros pré-aprovados por ele.

3. Cartão de crédito

Varejos que fazem vendas no cartão de crédito já não são mais uma exceção. Para os supermercados trata-se de uma possibilidade muito segura, pois os riscos ficam para o emissor. Além disso, a economia digital gerou opções de máquinas de recebimento mais baratas. Ou seja, apresenta muitas vantagens.

4. Cartão de débito

O cartão de débito é vantajoso para o estabelecimento que recebe à vista e para o cliente que não precisa sair com dinheiro. Como esse é um meio para transferir fundos de uma conta para outra, limitado ao que o comprador tem depositado, a venda é segura para o supermercado.

5. Carteiras digitais 

PicPay, ITI, Pagseguro, PagPay, Mercado Pago… As carteiras digitais são plataformas e aplicativos que reúnem diversos meios de pagamento em um só lugar. A maior vantagem deles é a sua segurança tanto para clientes como para estabelecimentos. Outro benefício é que algumas também disponibilizam cashback ou programas de pontos e fidelidade.

6. PIX

O PIX é um meio de pagamento que permite a transferência instantânea de recursos entre contas. Essa opção é controlável e segura. Superando o boleto e o TED por sua praticidade, ele não depende do horário bancário para compensação.

7. Vale-alimentação

Entre os benefícios trabalhistas, um dos mais apreciados é o vale-alimentação, que passou a ser pago por meio de operadores desse tipo de serviço. Isso exigiu que supermercados e intermediadores de pagamento passassem a aceitar esse tipo de cartão. 

Como adotar os principais meios de pagamentos em um supermercado?

Pode até não parecer no dia a dia, mas depois de olhar a nossa lista você deve ter se dado conta de que são muitos os meios de pagamento disponíveis, não é mesmo? Assim, se em seu supermercado eles ainda não são oferecidos é hora de descobrir como adotá-los. Confira as nossas dicas para isso!

Defina as opções ideais

Na hora de definir os meios de pagamento ideais para um supermercado é importante considerar do que cada um depende para ser implementado. A partir dos parceiros, para viabilizar a operação, já é possível estabelecer uma gama de opções. 

Outro aspecto a considerar são as questões regionais, como o principal banco da sua cidade ou a operadora de vales-alimentação mais comumente utilizada pelas empresas atuantes no local. Eles precisam estar na lista das possibilidades disponíveis.

Invista em tecnologia

Quando se trata de viabilizar a operação dos pagamentos em diversos meios, a tecnologia é o principal aliado. Maquininhas de cartão, gateways e sistemas intermediadores que fazem a comunicação de uma transação, são algumas opções. 

Todos dependem de uma conexão com a internet. Assim, observar a qualidade do serviço que o supermercado utiliza é o primeiro passo para otimizar o atendimento ao consumidor nesse momento.

Tenha um ERP que possibilita integrações

O papel desses mecanismos de intermediação é tão importante que o ERP utilizado no ponto de venda do supermercado também deve estar apto a se integrar com essas soluções. Com isso ele vai permitir um acompanhamento completo até a conciliação bancária. 

Garanta o controle

Como visto, a tecnologia pode ajudar no controle dos pagamentos pelo setor financeiro. Por meio dela, tanto relatórios para a gestão como listas de informações operacionais podem ser obtidos. Mais do que isso, tais dados são a base para uma tomada de decisão acertada e eficaz, bem como são a base de uma melhoria contínua.

Disponibilizar uma variada gama de meios de pagamento no supermercado é uma estratégia para melhor atender diversos perfis de clientes, aumentando sua base de consumidores e fidelizando-os. 

Cada opção apresenta vantagens diferentes para o público e o empreendimento. Porém, não se pode ignorar que algumas são tendências de mercado e precisam ser oferecidas. Pensando nisso, é fundamental investir em tecnologia e em diferentes meios de pagamento.

Para entender mais sobre pagamento digital e como adotá-lo em seu negócio, não deixe de conferir este artigo que mostra 6 alternativas!

Compartilhar