Nos dias de hoje, o investimento no mercado de alimentação saudável é indispensável para os varejistas. Essa é uma das grandes tendências comerciais, e tudo indica que ela crescerá ainda mais em um futuro próximo. É preciso, portanto, saber como montar um hortifrúti nos supermercados.

O consumo de vegetais é fundamental para uma alimentação equilibrada, e é responsabilidade dos gestores facilitar esse processo, com o oferecimento de produtos frescos e de boa qualidade. Como garantir isso em um ambiente como os supermercados?

Continue a leitura deste post e confira algumas dicas que farão toda a diferença no seu planejamento. Listamos informações que vão ajudar você a montar um hortifrúti otimizado na loja, captando e fidelizando a sua clientela da melhor maneira possível: mostrando qualidade e comprometimento com o bem-estar de todos. Boa leitura!

Como montar um hortifrúti no supermercado?

Veremos, a seguir, as recomendações para o desenvolvimento de um hortifrúti de sucesso na sua loja. Acompanhe!

1. Escolha bons fornecedores

A escolha dos fornecedores ideais é a primeira preocupação que você deve ter como gestor, ao pensar em implementar um hortifrúti no seu supermercado. Os produtos devem ter qualidade comprovada, portanto, pesquise fornecedores que trabalhem com produtos de excelência e que tenham um atendimento personalizado. 

Outra dica importante é valorizar o custo-benefício e buscar opções que ofereçam alternativas de pagamento que funcionem para a sua estratégia de negócio.

2. Preze pela qualidade dos alimentos

Como mencionado, a escolha dos fornecedores não envolve apenas práticas que sejam benéficas para os gestores: é fundamental que a decisão também seja pautada na busca pela qualidade, acima de qualquer outro fator.

Os seus consumidores merecem vegetais sempre frescos, de boa procedência e que estejam adequados aos padrões da sua loja. Se possível, ofereça opções orgânicas, caso esse tipo de produto seja uma procura frequente do seu público-alvo.

3. Reserve uma área estratégica do supermercado

Qual será o melhor local para a instalação do hortifrúti? Essa é uma pergunta para a qual não há uma única resposta. É importante se atentar a alguns detalhes, como:

  • tamanho do espaço, evitando a aglomeração de pessoas;
  • iluminação, que deve ser adequada;
  • a necessidade e a possibilidade da instalação de umidificadores de ar, para manter os produtos sempre frescos;
  • a proximidade ao estoque, entre outros.

Não se esqueça de posicionar balanças estrategicamente, sempre oferecendo conforto e transparência aos clientes. Caso a pesagem seja efetuada por um funcionário, sinalize bem o local e reserve um espaço para que as filas formadas não atrapalhem o fluxo da clientela.

4. Eduque o cliente

Que tal trazer dicas para os seus clientes? Verifique quais são os produtos com menos saída e mostre à clientela como eles podem ser utilizados.

Colocar receitas ou dicas de uso e conservação dos produtos próximas às gôndolas não é apenas um mimo para o cliente, mas uma estratégia que pode otimizar as suas vendas, fazendo com que produtos de outros setores sejam comprados para o preparo daquela receita.

5. Busque sustentabilidade

A sustentabilidade é uma das principais tendências do varejo para o século XXI, por isso, nada de ficar de fora! Invista nessa estratégia para também educar o seu cliente, colaborar com a preservação do meio ambiente e se firmar como referência na sua região de atuação.

Que tal, por exemplo, limitar a quantidade de plásticos e estimular o uso de cestas? Comercializar ecobags ou instruir a clientela a trazer as suas próprias sacolas pode ser uma boa ideia. Tente mostrar às pessoas o porquê dessa mudança e aproveite para otimizar o uso da mídia no seu estabelecimento.

6. Seja transparente

O erro de muitos hortifrútis é trazer informações não tão claras sobre os valores. Qual é o preço por quilo? Quanto custa cada bandeja de vegetais? Encontrar essas informações é, muitas vezes, um desafio.

Para evitar esse tipo de problema, invista na transparência. Deixe os preços sempre bem à vista, tanto nas gôndolas quanto em cartazes dispostos acima delas.

7. Conte com um sistema de gestão para o controle de mercadorias

Por fim, uma dica mais técnica, mas que também não pode ser deixada de lado: a importância do uso de um sistema que ajude você a otimizar os processos envolvidos na criação de um hortifrúti.

Os sistemas ajudam muito no controle de estoque, no relacionamento com os fornecedores e até mesmo na obtenção de métricas — responsáveis por você ter mais detalhes sobre o comportamento do cliente. Vale muito a pena!

O que não pode faltar em um hortifrúti bem equipado?

Com as dicas passadas acima, já fica bem fácil perceber quais elementos não podem ser deixados de lado na hora da elaboração de um hortifrúti equipado e que realmente atenda às necessidades e às expectativas da sua clientela.

De modo geral, os pontos indispensáveis são:

  • variedade de produtos;
  • qualidade dos produtos comercializados;
  • transparência nas informações, como valores;
  • diferenciais, como a educação ao cliente;
  • organização;
  • reposição frequente;
  • otimização do espaço utilizado;
  • preocupação com as tendências mundiais, como o uso da sustentabilidade e da tecnologia.

Seguindo esses fatores e as dicas passadas acima, você garantirá um serviço de primeira aos seus consumidores.

Como escolher um bom sistema de gestão para hortifrúti?

Ao longo da nossa conversa, falamos muito sobre a importância de contratar um bom software para ajudar você na montagem de um hortifrúti eficiente para supermercados, mas como fazer essa escolha?

A dica é sempre optar por empresas que tenham tradição no mercado e por sistemas que tragam soluções realmente úteis para o seu negócio. A tecnologia no varejo, quando bem aplicada, faz maravilhas!

Um bom exemplo disso é o CISSPoder, uma solução da CISS para o seu negócio. Ele é um sistema que integra pontos como:

  • processo de compras;
  • negociação com fornecedores;
  • recepção de mercadorias;
  • integração dos canais de venda;
  • organização do estoque;
  • controle das mercadorias.

Só com essas informações, você já percebe que esse tipo de sistema é um grande aliado da gestão do seu hortifrúti, não é mesmo? Considere a contratação e observe, de perto, todos os benefícios!

Gostou de saber como montar um hortifrúti no supermercado? Com essas dicas, você pode revolucionar os seus negócios e fazer com que a experiência da clientela seja muito mais interessante ao comprar na sua loja!

Se você ficou com alguma dúvida ou tem interesse em saber mais sobre os sistemas e soluções da CISS para o seu supermercado, não deixe de entrar em contato! A nossa equipe está sempre à disposição para ajudar você no que for necessário!

Compartilhar