O aspecto visual da loja de materiais de construção é tão importante quanto a qualidade do atendimento e dos produtos disponibilizados. Para promover as vendas, é indispensável oferecer aos clientes um ambiente agradável, prático e atrativo. Nesse cenário, nada mais importante do que ficar atento ao layout do estabelecimento.

Confira neste artigo tudo o que você precisa saber para criar o melhor layout e como ele influencia o consumidor!

Como o layout da loja pode influenciar o consumidor?

Antes de falarmos sobre como o layout influencia o consumidor, vejamos do que se trata este conceito. Entende-se por layout os aspectos relacionados à estrutura física da loja. Ou seja, a maneira como os espaços, produtos, cores e demais informações visuais são organizadas e distribuídas. Pode-se dizer também que layout é a aparência das coisas e disposição dos pilares, divisórias, prateleiras e demais elementos que interferem na circulação das pessoas.

Atualmente, o layout é considerado uma das ferramentas estratégicas de marketing mais eficientes. Um bom layout permite ao empreendimento se diferenciar dos concorrentes, ser bem visto pelas pessoas e atrair novos clientes. Para efetuar uma compra, o consumidor precisa permanecer na loja, se sentir confortável e respeitado.

Isso significa que o processo de compra envolve a limpeza e o estado de conservação do ambiente, assim como a mobilidade no interior da loja e a maneira como os produtos são expostos. Além disso, o layout está diretamente conectado ao marketing sensorial — conjunto de técnicas que explora as percepções visuais, sonoras, olfativas etc. — para aumentar as vendas. Portanto, quanto melhor o layout, maior o sucesso da empresa.

Como criar o melhor layout para loja de materiais de construção?

O primeiro passo para criar e manter um layout eficiente é ter clareza que será necessário tempo, dedicação e investimento financeiro. A loja de materiais de construção não deve ser parecida com o local da obra ou com os depósitos convencionais.

Os produtos não podem ser armazenados e exibidos de qualquer forma, e o estabelecimento não pode ser poluído visualmente ou ter uma “aparência pesada”. Veja algumas dicas para criar um layout!

1. Atente-se à fachada da loja

Atrair o cliente e convidá-lo a entrar na loja é fundamental. Por isso, a frente de loja ocupa um lugar de destaque. Ela deve ser convidativa e, ao mesmo tempo, repassar confiabilidade e apresentar a identidade da sua empresa. Muitas vezes, a fachada corresponde à primeira imagem que as pessoas têm do negócio. Portanto:

  • verifique o que a legislação da cidade permite (em alguns locais determinadas cores, materiais e divulgações são proibidas);
  • use cores compatíveis com a sua marca;
  • mantenha a fachada limpa;
  • utilize as tecnologias disponíveis (painéis eletrônicos, pintura de vidros, plotagens);
  • evite a poluição visual;
  • analise o comportamento das pessoas do local. Saber para onde elas olham mais quais são os produtos mais buscados pode ajudar a construir uma fachada atrativa.

2. Facilite a circulação das pessoas

Para encontrar o que deseja e ver os produtos disponíveis, o cliente precisa se locomover com facilidade no interior da loja. Um obstáculo no caminho é também um entrave às vendas. Por isso, as divisórias, produtos, prateleiras e demais itens devem ser dispostos de maneira estratégica.

Quanto maior a circulação das pessoas, mais produtos serão vistos e, consequentemente, mais vendas poderão se concretizar. Existem casos em que o cliente sabe exatamente o que precisa. Nessa situação, ele deve conseguir chegar com facilidade ao produto. Além da via liberada, é recomendável que o cliente tenha à sua disposição as sinalizações necessárias (localização das mercadorias, caixa etc.).

3. Organize os produtos por categorias

Uma loja de materiais de construção tem muitos produtos, então é indispensável que eles estejam organizados. Dessa maneira, o cliente localizará o que deseja de forma rápida e prática, os funcionários poderão se dedicar a outras atividades relacionadas à venda e a necessidade de visita ao estoque será reduzida.

Para isso, as mercadorias devem ser distribuídas em categorias e subcategorias. Dedique, por exemplo, uma parte da loja às tintas. Feito isso, divida os materiais harmonicamente em subgrupos segundo a marca, tamanho e outras especificidades. Produtos relacionados, como lixas, rolos e fitas adesivas precisam ficar próximos (ou no mesmo setor) das tintas.

4. Exponha as mercadorias da maneira correta

Para aumentar as vendas, não basta organizar as mercadorias por setores. Muitas vezes, antes de efetuar a compra, o consumidor analisa questões como marca e aparência. Logo, as faces (rótulos) dos produtos devem ser voltadas para frente e integrar o campo visual do cliente. Assim, ele não precisará retirar o objeto da prateleira para encontrar as informações necessárias.

Na hora da compra, o valor da mercadoria é decisivo. Por isso, todos os produtos da loja de materiais de construção precisam ser precificados. Basicamente, você poderá fazer isso de duas formas: etiquetar cada item ou inserir uma etiqueta única abaixo da prateleira dos produtos. Verifique qual opção melhor se adequa ao layout geral da loja.

5. Atente-se à iluminação do ambiente

Além de organizados e expostos da maneira correta, os produtos devem ser iluminados segundo o local em que se encontram. Um sistema de iluminação planejado permite aos clientes visualizar as mercadorias e ler suas especificações com tranquilidade. Lembre-se também que as luzes têm funções estéticas e, geralmente, o que é belo chama atenção.

Considere utilizar iluminação geral forte e ampla no interior da loja. Dê especial atenção às prateleiras, principalmente aquelas com produtos pequenos. Dessa forma, o seu cliente conseguirá ver os detalhes dos objetos. Entretanto, lembre-se que as localizações, cores e intensidades das lâmpadas devem ser adequados para evitar reflexos e desconforto visual.

6. Invista na decoração

A decoração é um dos elementos mais importantes do layout. Além de tornar o ambiente agradável e atrativo, ela pode aumentar as chances de vendas. Os mostruários, exposição de ambientes planejados (pequenas cozinhas e banheiros) e de lançamentos de produtos podem fazer parte da decoração e, ao mesmo tempo, despertar o interesse dos clientes.

Como você percebeu o layout da loja de materiais de construção tem tudo a ver com a experiência do cliente, não é mesmo? Um bom layout demonstra a preocupação da empresa com seus clientes, cria diferenciais competitivos, oferece conforto e facilidade ao consumidor e, claro, aumenta as vendas. Certamente, com essas dicas você conseguirá inovar a sua loja e obter melhores resultados.

Siga nossa página nas redes sociais e confira outros conteúdos que te ajudarão a aumentar o desempenho do seu negócio! Estamos no Facebook, Instagram, Twitter e LinkedIn!