Uma das melhores soluções para aumentar as vendas e garantir consistência na atuação é por meio da adaptação ao comportamento do consumidor. As preferências do público estão em constante mudança e a sua empresa deve ficar de olho nessas questões. Nos últimos meses, com a pandemia do coronavírus, muito tem sido discutido sobre quais serão os impactos da quarentena nos hábitos de consumo das pessoas.

Quando falamos na realidade dos supermercados, os produtos gourmet merecem atenção especial. Se esse tipo de produto já vinha em uma crescente no setor, com o isolamento social e muitos restaurantes fechados, eles ganharam certa notoriedade nas cestas de compras de consumidores que buscavam por mais experiências gastronômicas em casa.

Com as ofertas certas e boas estratégias, é possível inovar e ampliar a lucratividade do seu supermercado ao incluir produtos gourmet no mix de produtos. Assim, fica fácil atingir os objetivos de negócio e, é claro, sair à frente da concorrência. A seguir, vamos apresentar os itens com características gourmet e mostrar se realmente vale a pena investir neles. Confira!

O que é a “gourmetização”?

O processo de “gourmetização” nada mais é que uma transformação dos produtos, por meio do aumento de seu valor agregado. Basicamente, essa tendência faz com que mercadorias “normais” ou básicas se tornem ofertas diferenciadas e com maior apelo ao público.

Só que para ser gourmet de verdade, não basta receber o título. É fundamental que ele entregue diferenciação e qualidade, inclusive com o uso de novos processos e de matérias-primas.

Um hambúrguer congelado gourmet, por exemplo, deve ser feito com cortes nobres de carne e com etapas que ajudem a manter sabor e textura. Afinal, o objetivo é criar uma experiência única para os clientes.

Quais são os diferenciais desses produtos?

Um dos grandes destaques dos produtos gourmets é, justamente, o nível ampliado de qualidade. Os fabricantes costumam apostar em novas técnicas de produção e no uso de ingredientes selecionados ou otimizados. A produção artesanal, em muitos casos, também ajuda a “gourmetizar” os itens.

O aumento de valor agregado ainda se reflete nas etiquetas. Como os produtos são premium, o preço se eleva. Para os supermercados, é uma forma de ampliar a margem de lucro e de melhorar a rentabilidade.

Não podemos nos esquecer da sua capacidade de atração e convencimento do público. Normalmente, os itens com essa característica têm argumentos de venda intensos e que ajudam a chamar a atenção das pessoas. Com a proposta de que um produto gourmet é melhor e cria uma experiência única, eles têm grande apelo e despertam o desejo de compra.

Quais são alguns produtos gourmet que têm feito sucesso nas prateleiras?

Ficar de olho tanto nas tendências quanto aos interesses do mercado é essencial para escolher quais são os itens que devem ser disponibilizados para a venda. Algumas opções se destacam como sucesso das prateleiras, então vale a pena conhecê-las para incluir no mix de produtos do seu supermercado. Para não perder nenhuma oportunidade, confira algumas sugestões:

Café em cápsulas

O café é a bebida preferida no Brasil, depois da água, e tem um grande impacto no hábito dos consumidores. Ao pensar em cafés especiais, não são as versões em pó que chamam a atenção. O maior interesse vai mesmo para o café em cápsulas.

Hoje, as cápsulas já representam mais de 1% do consumo de café no Brasil, tendo dobrado sua participação entre 2014 e 2019. No período de 5 anos, o crescimento anual foi de mais de 20%, bem acima da média do produto em pó.

Com uma grande variedade de sabores e marcas, é possível criar um ótimo mix em seu supermercado, até mesmo para aumentar o ticket médio.

Queijos artesanais

Os queijos também fazem parte das preferências do brasileiro. De 2005 a 2016, por exemplo, o valor de vendas aumentou mais de 500%, enquanto o volume vendido cresceu acima de 120%. Isso mostra que o ticket médio dessa categoria passou a ser mais alto.

Embora os queijos comuns e processados sejam a maioria, as versões artesanais merecem destaque. O aumento das vendas desse tipo de queijo já atingiu mais de 15% e promete se consolidar ao longo dos anos.

Desde os produtos de búfala aos fabricados em Minas Gerais, existem várias opções disponíveis. Com a escolha de uma variedade interessante e de qualidade, e com o fracionamento para diminuir o desembolso, é possível alcançar ótimos resultados.

Bebidas especiais

As bebidas diferenciadas também aparecem entre as possibilidades, especialmente no segmento alcoólico. Os vinhos finos tiveram crescimento de 27% no consumo per capita nos últimos cinco anos. Já as cervejas artesanais têm um desenvolvimento anual de mais de 20%, ocupando uma posição de destaque no segmento. A quarentena intensificou essa crescente: desde o início do isolamento houve um aumento de 136% nas vendas de bebidas alcoólicas em relação ao mesmo período do ano passado.

O seu supermercado pode aproveitar dessa tendência ao criar uma seção exclusiva para essas bebidas e até contar com uma adega especial. Isso estimula o marketing de experiência e aumenta as chances de consumo.

Esses produtos são apenas alguns exemplos, já que há muitas outras oportunidades para explorar. Entre elas, estão:

  • congelados gourmet;
  • cortes especiais de carne;
  • produtos de fabricação própria (como na padaria);
  • produtos orgânicos e muito mais.

Como a venda desses itens ajuda o seu supermercado?

Apostar nos produtos gourmet é uma estratégia para atender os desejos dos seus clientes e, consequentemente, ajuda a atingir os objetivos de negócio. A seguir listamos algumas vantagens de incluir esse tipo de produto no mix do seu supermercado. Confira!

Agrega valor ao negócio

A oferta de itens diferenciados e com mais qualidade faz com que o seu supermercado tenha maior valor agregado. É uma ótima forma de se consolidar como uma opção inovadora e atenta às novidades, além de criar experiências únicas.

Por falar em valor agregado, esses produtos oferecem um aumento na margem de lucro, o que reforça os resultados de negócio.

Atrai diferentes tipos de público

Os produtos gourmet têm especial penetração em classes mais elevadas e com maior poder aquisitivo. No entanto, engana-se quem pensa que eles se restringem a elas. Mesmo as outras classes, como C e D, consomem esses itens — inclusive, como forma de “agrado” no dia a dia.

Então, investir nessas ofertas é uma solução para diversificar o público e atrair diferentes interessados. Com isso, é possível expandir a base de clientes e até reforçar a fidelização.

Funciona como diferencial competitivo

Oferecer produtos com características gourmet também é uma maneira de acompanhar as tendências e de trazer algo novo para o público. Inclusive, é uma solução para se destacar da concorrência, já que as ofertas envolvem qualidades únicas e você pode tentar negociar com fornecedores algum tipo de exclusividade.

Com consistência na disponibilidade de itens e foco nos interesses do público, seu supermercado chamará mais atenção e sairá na frente dos concorrentes.

Para tornar a experiência ainda mais interessante, vale pensar na “gourmetização” do ponto de venda. Pensar na organização da loja, com gôndolas mais baixas, por exemplo, facilitam o acesso dos clientes aos produtos e melhoram o momento de compra. Também é o caso de considerar questões de iluminação e de climatização, além, é claro, de um atendimento personalizado — ao oferecer indicações para vinhos e queijos, por exemplo.

Os produtos gourmet já fazem parte dos hábitos de consumo dos brasileiros e é por isso que vale a pena adicioná-los ao seu supermercado. Escolhendo os produtos que mais agradam o público da sua região e utilizando uma boa estratégia de vendas, é possível potencializar os resultados do seu supermercado.

Como o cuidado com o ambiente também é essencial, descubra como adicionar tecnologia ao PDV pode ajudar a melhorar a percepção dos clientes sobre a sua loja!

Compartilhar