Se você tem o hábito de acompanhar de perto o número de vendas de serviços e/ou de produtos da sua empresa, provavelmente já notou que há algumas épocas de pico e outros períodos de baixa, certo? Esse “fenômeno” atinge praticamente todos os nichos de mercado e, via de regra, está associado, em grande parte, a determinadas datas comemorativas.

No entanto, algo que talvez você não saiba é que é possível tirar um grande proveito dessas flutuações de demanda a partir de pequenos ajustes nas suas estratégias. Nesse caso, estamos falando do marketing sazonal.

Você gostaria de entender melhor do que se trata o termo, compreender quais são os benefícios atrelados a ele e de que forma colocá-lo em prática no empreendimento? Basta continuar a leitura. Neste post, sanaremos essas e outras dúvidas igualmente pertinentes. Vamos lá!

O que é o marketing sazonal?

Em termos simples, nós podemos compreender o marketing sazonal como um conjunto de ações voltadas a certos períodos do ano e/ou a datas comemorativas específicas. Para colocá-lo em prática, é imperativo avaliar o número de vendas fechadas dos seus produtos e/ou serviços — monitorando as flutuações — e, a partir disso, fazer bom uso das oportunidades de ganhos.

O primeiro aspecto que você deve compreender e manter em mente é que a performance do seu negócio sofre variações de acordo com as estratégias de marketing utilizadas e com os momentos pelos quais o seu segmento de atuação passa. Por isso é tão fundamental notar quais são as épocas menos ou mais propícias para vender mais.

De fato, a sazonalidade da demanda pode ser bastante surpreendente se monitorada de perto. Uma determinada mercadoria, por exemplo, que teve um excelente desempenho em um intervalo específico de tempo pode apresentar índices expressivamente reduzidos em um momento diferente. Logo, para manter uma operabilidade bem-sucedida, é recomendável não enxergar essa variação como um aspecto negativo, mas estudá-la para atuar com mais precisão sobre essa oscilação.

Compreendido isso, podemos retomar a definição de marketing sazonal e vê-lo, então, como um dos meios mais inteligentes de potencializar o número de negócios fechados ao mesmo tempo em que o foco se volta à fidelização do público e a uma produção interna mais elevada. Nesse sentido, nota-se que a sua relevância vai além de diminuir perdas desnecessárias — por exemplo, em razão de haver mercadorias paradas no estoque. A seguir, confira as principais vantagens de investir nessa estratégia!

Quais são as principais vantagens associadas a essa estratégia?

Quando são bem desenvolvidas, as campanhas de marketing sazonal, como dito, representam oportunidades incríveis de impulsionar as vendas da sua empresa e, inclusive, de influenciar positivamente a sua produção. Contudo, a grande questão é que, ao estruturá-las, torna-se viável ter uma visão macro das ações colocadas em prática até então e, dessa forma, passa a ser mais fácil planejar, por exemplo, promoções e lançamentos que tenham o potencial de atrair o público em períodos de baixa.

Ou seja, implementando estratégias de marketing sazonal bem-feitas, além de chamar atenção de potenciais clientes, tornam-se grandes as chances de fidelização e, por conseguinte, de conversão nos momentos em que as vendas não estão apresentando a melhor performance. Em suma, ao apostar em campanhas voltadas à sazonalidade, você acaba por garantir que a sua empresa mantenha um bom faturamento ao longo de todo o ano, independentemente das flutuações de demanda.

Como planejar a aplicação do marketing sazonal?

De fato, é possível dizer que o fator de maior influência para o bom planejamento de campanhas de marketing sazonal é a própria sazonalidade, ou seja, as oscilações observadas na performance do seu negócio. No entanto, para que a sua aplicação seja realmente bem-sucedida, é necessário ir um pouco além da elaboração de uma lista de períodos e de datas do ano e da forma como impactam o número de vendas.

O mais recomendável é traçar um objetivo e, a partir disso, fazer um planejamento detalhado. Nesse sentido, elencaremos a seguir algumas dicas-chave para ajudá-lo nessa missão. Confira!

Planeje-se com antecedência

O ponto de partida para criar uma campanha de marketing sazonal é selecionar os momentos do ano em que elas serão efetivamente colocadas em ação. Esse primeiro estágio já exige uma análise bem-feita a fim de assegurar que os períodos escolhidos sejam verdadeiramente estratégicos de acordo com o seu nicho de atuação — e, é claro, em conformidade com a adesão do seu público-alvo.

Após, o momento é de planejar as estratégias, que devem ser minuciosamente programadas. O intuito, nesse caso, é garantir uma comunicação mais objetiva e clara com os seus consumidores e antecipar-se a eventuais inconvenientes que possam surgir.

Seja bastante criterioso

Lembre-se de que o foco deve estar voltado aos períodos certos, haja vista que a elaboração de campanhas direcionadas a datas erradas provavelmente resultará em prejuízos, desperdiçando tempo, dinheiro e outros recursos que poderiam ser mais bem utilizados para outros fins. Portanto, seja criterioso — ou melhor, seja “cirúrgico” — na definição dos momentos ideais. Uma boa prática nesse sentido é consultar o histórico de vendas da sua empresa e, claro, buscar conhecer o seu público tanto quanto possível.

Elabore um cronograma completo

Complementando a primeira dica — que aborda a necessidade de haver um planejamento prévio —, nesta, trataremos da relevância de colocar as ações “no papel”, fazendo uso de um cronograma. Afinal, uma campanha de marketing sazonal só viabilizará o alcance dos resultados projetados se o timing perfeito for respeitado, então é imprescindível que você programe cada passo, especialmente considerando o tempo que será necessário entre uma e outra etapa, de modo que tudo ocorra no momento certo.

Como visto, saber aproveitar as flutuações da demanda e investir, para tanto, em campanhas de marketing sazonal pode resultar em inúmeras oportunidades para não somente elevar as vendas, mas também escalar a sua empresa. Portanto, avalie as oscilações de performance do seu empreendimento comparando-as com os períodos do ano e planeje-se para traçar estratégias certeiras que garantirão um faturamento consistente ao longo do exercício e, é claro, a atração e a fidelização do seu público.

Este post foi útil? Então, que tal acompanhar as próximas publicações? Basta seguir as nossas redes sociais: Facebook, Instagram, YouTube e LinkedIn.

Compartilhar