O conceito de supermercado online está em amplo crescimento e promete oportunidades maiores no futuro próximo. Novas tecnologias ainda podem ser incorporadas, como é o caso das gôndolas virtuais — que já foram instaladas em locais movimentados, como estações do metrô.

O cliente visualiza a imagem dos produtos, seleciona por meio do celular o que deseja e recebe o produto em casa. Como é usado um aplicativo, dados como de pagamento e endereço de entrega já estão armazenados, facilitando o processo.

Aliás, o grande desafio parece mesmo ser o de coletar o máximo de dados sobre o comportamento do cliente para atendê-lo de modo personalizado e fidelizá-lo. É como unir o atendimento dos antigos armazéns, nos quais o dono conhecia todos pelo nome e preferências, com as facilidades tecnológicas de hoje.

O problema é que os clientes também se preocupam com a privacidade e se sentem ameaçados com seus dados expostos. Como resolver esse dilema? Este texto é um pouco sobre isso, mas sobre muito mais. Confira!

Como empreender com um supermercado online?

Para começar é fundamental mencionar a importância e o papel das lideranças nesse tipo de iniciativa. Como este é um tema que envolve inovação, é preciso considerar que serão necessárias mudanças culturais, abandono de alguns paradigmas, liberação de investimentos e disposição para aprender com erros.

Essa atitude de comprometimento com a mudança não pode ser delegada, pois muitas ações vão depender de autonomia para decidir, seja na hora de investir em uma tecnologia, seja em pequenas mudanças no modelo de negócios. Feita essa observação, veja as nossas dicas sobre o caminho a seguir.

Levante informações

A gestão da informação já é muito importante para qualquer negócio, mas assume outra dimensão quando pensamos em adotar a transformação digital no supermercado. Não tenha dúvida de que o processo pelo qual estamos passando, repetidamente chamado de Nova Revolução Industrial, é, essencialmente, sobre uma nova forma de usar os dados.

Tudo na internet é monitorado e registrado, o que permite prever demandas, analisar indicadores e tomar decisões com total embasamento, aumentando as chances de sucesso de todo o tipo de negócio.

Para promover a venda em um supermercado online será preciso conhecer o caminho que o cliente faz desde que busca informações para conhecer o serviço até quando recebe o produto em casa: a jornada de compra do cliente. Nesse trajeto, ele encontra problemas e dificuldades e, quanto maior for a sua capacidade de resolver esses detalhes para ele, maior a chance de compra.

Monte uma equipe talentosa

É difícil imaginar uma equipe se dividindo entre as tarefas de rotina de uma loja física e uma virtual. Por isso, você precisa de uma equipe com conhecimento sobre como operar uma estratégia de venda online.

Nem todos os profissionais precisam ser contratados como funcionários, pois é possível contratar agências, produtores de conteúdo e outros profissionais, que oferecem serviços como autônomos ou como empresas.

O importante é que o supermercado online esteja estruturado para operar e que possa contar com uma equipe talentosa, multitarefas e dinâmica, como a internet exige. Essa medida é viável considerando que diminui a curva de aprendizado, que é o tempo necessário para aprender sobre a nova operação.

Desenvolva um plano

Como ocorre com todo novo projeto, você precisa de um bom planejamento. Ele deve determinar objetivos, metas e estratégias, além dos responsáveis e prazos para cada uma das tarefas necessárias à execução, bem como um orçamento adequado às demandas da iniciativa.

Isso não significa que você precisa de um planejamento estratégico extremamente formal, como os desenvolvidos pelas grandes multinacionais, pois no mundo online tudo é muito dinâmico e volátil.

Treine a equipe

Com a descrição do que precisa ser feito é a hora de capacitar a equipe para começar a execução. Ela pode e costuma precisar de informações instrutivas sobre como realizar o planejamento e também conteúdo de formação técnica, seja para aprender a operar novos sistemas, seja para aplicar ferramentas de gestão da inovação.

Elabore um modelo otimizado

Uma das características mais marcantes do marketing digital é a automação. Os modelos do ambiente online funcionam muito bem, mas sem a necessidade de uma estrutura complexa e cara como a das lojas físicas. Essa é uma arma competitiva importante e, por isso, deve merecer total atenção.

Os detalhes da gestão de estoque, por exemplo, precisam ser definidos com alto objetivo de otimização e grande atenção à logística.

Estruture o negócio

Para que o modelo concebido funcione ele precisa de uma estrutura adequada, o que é outro ponto sobre o qual você precisará pensar. Além disso, esse alicerce não deve ser apenas físico, pois você vai precisar de tecnologia, o que inclui uma plataforma e um software especializado para supermercado, facilitando a integração que, nesse caso, não pode se limitar a balanças, por exemplo.

Os dados precisam estar integrados e disponíveis para que, em caso de contato com o cliente, seja possível oferecer um atendimento de qualidade. No mundo digital, os clientes usam diversos canais de contato, como aplicativos de mensagem e as redes sociais. No entanto, eles não podem funcionar como vários departamentos isolados, pois isso gera retrabalho e favorece que ocorram erros.

Como conquistar sucesso com as vendas em um supermercado online?

Para que todas as providências que listamos até aqui funcionem melhor, elas precisam atender a objetivos estratégicos. Entre eles, você deve dar especial atenção aos que seguem.

Gere um valor superior

O conceito de valor é definido como uma percepção do cliente em relação ao serviço prestado. Do mesmo modo que o preço representa um valor em dinheiro, as expectativas do consumidor determinam o que ele valoriza no serviço, que é o que justifica para ele efetuar a troca.

Desse ponto de vista, as pessoas não compram produtos e serviços, mas sim a entrega de um conjunto de atributos que elas valorizam mais do que o que precisam pagar para recebê-los.

Ofereça uma boa experiência de compra

Parte desse valor é definido com base na experiência do cliente. Isso significa que é preciso elaborar um modelo de operação capaz de tornar o processo de compra fácil, ágil e confortável. Em outras palavras, o seu modelo de negócio deve garantir uma compra prazerosa e encantadora.

Um bom exemplo disso é quando vamos a um restaurante. Por melhor que seja o prato servido, esperamos que o tempo que passamos no estabelecimento seja agradável. É isso que vai estimular que voltemos ao local, além de favorecer um ticket médio mais alto.

Entregue soluções

A entrega do valor superior e de uma experiência satisfatória depende diretamente da capacidade de elaborar soluções para os problemas vividos pelos clientes. Por exemplo, se eles têm dificuldade de decidir qual a marca de arroz comprar online, uma vez que não podem tocar a embalagem e conferir os grãos com os olhos, talvez se sintam mais tranquilos ao conferir depoimentos de outros compradores sobre cada opção.

Sendo assim, um supermercado que for capaz de elaborar uma solução que forneça essa informação entregará um valor superior.

Para concluir, considere que um bom modelo de supermercado online precisa trabalhar com indicadores o tempo todo. São eles que dão pistas sobre os problemas dos clientes que precisam de solução e sobre os gargalos da operação. Com atenção a esses aspectos, é possível corrigir e aprimorar o atendimento de modo contínuo.

Agora, compartilhe este post nas redes sociais. É um ótimo tema para trocar opiniões.

Compartilhar