Deixar de modernizar processos e não dispor do que existe de mais avançado em gestão pode significar uma grave perda de vantagem competitiva frente aos seus concorrentes e um limitador do crescimento da sua empresa. Utilizar um software de gestão capaz de gerar relatórios gerenciais completos, funcionais e personalizáveis às necessidades do seu empreendimento é um aliado na tomada de decisões.

Um planejamento estratégico ajuda a aprimorar processos de precificação, reduzir perdas e otimizar o fluxo de tarefas. Esses são só alguns dos vários desafios do empresário que está no ramo do varejo. Manter-se competitivo, aumentar o faturamento e expandir os negócios fica muito mais fácil quando todas as nossas decisões são sustentadas por dados concretos!

As vantagens de administrar guiado por relatórios gerenciais

Uma das opções líderes de mercado na geração automatizada de relatórios gerenciais é o CISSReport, um dos módulos do CISSPoder, o nosso software de sistema integrado de gerenciamento. Se você deseja saber mais da importância e das vantagens de contar com um ERP, não deixe de seguir com a leitura deste artigo.

Abaixo, apresentaremos a você algumas das áreas em que uma boa dose de análise de dados e a leitura de relatórios podem causar uma revolução no seu negócio!

1. Melhora nos processos de precificação

Quando pensamos nos motivos para investir em softwares de automação capazes de gerar relatórios gerenciais, logo associamos à competitividade. Se o seu concorrente já aposta em modelos mais modernos, você provavelmente está ficando para trás. Agora, se ele ainda não seguiu por esse caminho, você está deixando passar a oportunidade de estar um passo à frente.

Se não são feitos esses relatórios gerenciais, na maioria das vezes, não se consegue ter um preço tão competitivo. Logo, as tomadas de decisão não serão tão acertadas quanto as de alguém que acompanha toda a parte gerencial e está sempre de olho na questão da lucratividade.

Os relatórios digitais possibilitam ter em uma única tela, por exemplo, informações sobre custo, preço de venda, lucratividade, impostos de entrada e saída, perdas e devoluções de um produto. Essa riqueza de dados permite ao administrador criar planejamentos estratégicos cada vez mais refinados.

O reposicionamento de produtos que têm venda baixa — aproximando-os de itens campeões de vendas — ou, até mesmo, estratégias agressivas — como sacrificar a lucratividade de um produto, a fim de atrair atenção para um outro de ganho elevado — são mais previsíveis quando realizadas sob a luz dos dados reais do seu comércio.

Além disso tudo, o CISSReport tem como base para cálculos de precificação e lucratividade a fórmula do Sebrae, que passa por constantes atualizações, prontamente adicionadas ao software. Assim, precificar os seus produtos passa a ser uma atividade feita com mais agilidade, automática e sistematizada.

O empresário conhece de perto a complexidade do recolhimento e cobrança de impostos no país. Por isso, um ERP integrado aos dados e fórmulas do Sebrae é sinônimo, ainda, de segurança fiscal. Ou seja, todos os cálculos são feitos de acordo com a legislação nacional, diminuindo o risco de multas e cobranças indevidas.

2. Acompanhamento em tempo real e controle total

Outra grande vantagem é ter a sua frente de caixa totalmente integrada à retaguarda e ao sistema de gestão como um todo. Conforme as vendas passam no caixa, as informações já são atualizadas na hora. Você não precisa esperar um dia. Se a venda passou no caixa, você já pode visualizar a informação, o que é muito estratégico para a empresa.

Isso tudo leva o comerciante a um cenário de controle total do estoque, diminuindo perdas e aperfeiçoando a aquisição de produtos. Logo, fica mais fácil realizar uma análise completa dos hábitos de compra dos seus clientes. Além disso, há uma diminuição nas perdas de produtos próximos ao vencimento, como também em vendas não realizadas por falta da mercadoria certa nas gôndolas.

A falta de um ERP funcional e otimizado para as suas necessidades específicas pode ser um empecilho para o empreendedor que tem mais de uma loja. Em uma gestão moderna, você está a poucos cliques de gerar relatórios que compilem os dados de todos os seus estabelecimentos em um só documento, o que possibilita uma visualização completa dos resultados da sua empresa.

3. Diminuição de erros e melhora do fluxo de tarefas

Dificuldade no fechamento do caixa, erros humanos nas planilhas e lentidão em processos são mais alguns sinais de que o sistema que você utiliza se tornou um gargalo para o seu negócio. Pior, erros dessa natureza refletem diretamente naquele que deve ser o foco da sua operação: o cliente.

Um dos conceitos mais atuais entre empreendedores e administradores de empresa é a ideia de organizações centradas no cliente. Em outras palavras, são processos internos pensados para que não haja obstáculos entre o cliente e a experiência que ele deseja encontrar. Permitir que o gerencial afete a sua relação com o consumidor final é caminhar na contramão dessa ideia.

Geração de relatórios automatizados significa, também, menos tempo e menos recursos humanos sendo gastos em atividades operacionais, o que acarreta redução de custos, aumento do faturamento e a possibilidade de realocar recursos, por exemplo, para a experiência do seu cliente.

4. Controle das operações de débito e crédito

Segundo dados da Abecs (Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços), os brasileiros realizaram 18,8 bilhões de transações usando cartões em 2018. Se o número parece grande e abstrato demais, pense em 35,8 mil compras com cartões de débito ou crédito por minuto. Falando em outros números, essas compras movimentaram, em 2018, 1,55 trilhão de reais, ou 22% do PIB (Produto Interno Bruto) do país no ano.

Aqueles que insistem em resistir a aceitar pagamentos com cartões certamente estão deixando de realizar vendas, mas nem tudo é simples quando o comerciante passa a realizar transações com cartões de débito e crédito.

Acompanhar vendas e pagamentos, auditar as taxas acordadas junto às operadoras e controlar de perto antecipações são alguns dos desafios do comerciante que aceita pagamentos com cartões. Um ERP datado pode criar um gargalo no acompanhamento do impacto dessas operações.

Em um sistema totalmente integrado, como o CISSPoder, é possível ter tudo isso sob estrito controle do operador, gerando relatórios separados por tipo de pagamento, por exemplo. A integração entre os módulos — gerencial, contas a pagar e receber — permite, ainda, acompanhar de perto os gastos operacionais e auditar constantemente as taxas acordadas.

A realidade é que tudo se resume à capacidade de gerenciar e tomar decisões fundamentadas em dados, sempre visando o lucro efetivo do seu empreendimento. Assim, a ideia é não seguir no achismo. O gerencial lhe dá a visão de se a empresa está tendo lucro ou não e onde. Por isso, não adianta comprar a mercadoria a R$ 5 e vender a R$ 10 se, no fim, você não tiver lucro.

Se você gostou de saber um pouco mais sobre as vantagens que o CISSReport e o CISSPoder podem trazer à sua empresa, entre em contato conosco e comece já a gerar relatórios gerenciais completos para o seu negócio!