Aumentar as vendas e oferecer uma experiência diferenciada para os clientes são dos dois grandes objetivos de muitas empresas. Afinal, esses são aspectos essenciais para fazer um negócio crescer e se destacar no mercado. É aí que entra o merchandising no PDV, um ótimo aliado para se chegar a esses resultados.

Você sabe do que se trata essa estratégia? Quer entender por que ela é tão importante e como adotá-la em seu estabelecimento? Então, não deixe de conferir este artigo que preparamos especialmente para falar do assunto. Boa leitura!

O que é e como funciona o merchandising no PDV?

Antes de qualquer coisa, é importante entender o que é esse merchandising e o objetivo dele em um negócio.

O termo pode ser definido como qualquer estratégia e técnicas utilizadas para chamar a atenção dos consumidores para que eles tenham interesse em adquirir um produto — o que é alcançado depois de proporcionar uma experiência de consumo diferenciada.

Por que ele é tão importante?

O objetivo de toda empresa é realizar vendas, conquistando os consumidores. Porém, para que se chegue até esse ponto, é necessário implantar algumas ações que vão tornar o seu negócio conhecido pelo público, além de oferecer produtos de qualidade.

Nesse sentido, o merchandising no PDV aparece como um excelente recurso. Ele possibilita adotar ações de marketing que vão ajudar os itens a se destacarem de forma positiva dentro da loja, fazendo com que os possíveis clientes notem a marca e se sintam mais inclinados a adquirir o que ela oferece.

No ponto de venda, essa estratégia permite que o público tenha uma experiência de compra dentro da loja física, um fator que pode ser crucial na decisão de compra — visto que ele pode afetar os sentidos e mostrar ou fortalecer a qualidade dos produtos que são oferecidos.

Como ele pode ser feito?

Para que uma ação de merchandising no ponto de venda seja realmente relevante — capaz de ajudar a melhorar os resultados em vendas — precisa ser bem elaborada. Todos os aspectos ligados ao planejamento e à execução afetam a forma como o público será alcançado e os resultados que a sua loja terá com a ação.

Para facilitar o entendimento e mostrar como começar a pensar em uma boa estratégia, vamos oferecer, nos próximos tópicos, dicas a respeito do que observar e como colocar em prática.

Crie um bom planejamento

Independentemente de qual seja a proposta do merchandising, é preciso criar um planejamento que ajude a definir questões importantes como:

  • objetivos;
  • cronograma;
  • quais produtos farão parte da ação;
  • em qual ponto da loja a ação será realizada.

Isso ajuda a guiar a estratégia — focando em mostrar o diferencial dos produtos — e o processo decisório dos aspectos ligados a ela.

Defina os objetivos das suas ações

A ideia é promover o lançamento de alguma novidade ou reforçar um produto já existente no mercado? Esses são apenas dois dos exemplos de objetivos de uma ação de merchandising.

Seja qual for a escolha, é preciso deixá-la clara para o público. Mostre quais são os benefícios, a diferença de preço (caso se trate de uma promoção), quais são os motivos pelos quais o consumidor tem que comprar o produto, entre outras coisas.

Saiba quem são seus clientes

É difícil tomar qualquer decisão no negócio sem conhecer antes quem é o seu público-alvo. Entender suas características, preferências e necessidades, entre outras coisas, é fundamental para que você entenda o que eles precisam e entregue algo que supra as expectativas ou vá além.

No que diz respeito ao merchandising, isso ajuda a entender quais medidas podem ser tomadas para atrair as pessoas com mais eficiência e convencê-las a comprar determinado item.

Chame a atenção para o espaço onde a ação vai ocorrer

Se o objetivo é atrair o público para determinado produto, é preciso fazer com que ele se torne o centro das atenções. Aqui, é preciso ter o cuidado de planejar questões importantes como:

  • o formato do display utilizado;
  • as cores (e seus significados, de acordo com a psicologia das cores);
  • as formas de interação (que pode ser pela experimentação, no caso de produtos alimentícios).

Deve-se também utilizar elementos que ajudem a chamar a atenção das pessoas. Se o público a ser alcançado é formado por crianças, por exemplo, o ideal é utilizar cores chamativas e materiais específicos para a idade (como personagens do universo infantil ou um mascote).

Defina a comunicação visual

Ao entender melhor o seu público-alvo e o que provoca estímulos e atrai a atenção, fica mais fácil definir qual tipo de material será utilizado para promover a ação. Isso quer dizer que você vai saber melhor se deve apostar em uma linha clássica ou em algo mais moderno.

Mostre os diferenciais do produto

Em um ponto de venda existem uma série de marcas competindo entre si. Ao realizar a ação de merchandising a fim de persuadir o cliente a comprar um produto (em detrimento dos outros), é preciso mostrar os diferenciais que o item oferece para satisfazer as necessidades e anseios daquela pessoa.

Use métricas de avaliação

Como saber se o merchandising no ponto de venda alcançou os resultados esperados? Sem a definição de métricas e indicadores de desempenho, fica impossível descobrir a eficácia das ações — bem como quais aspectos foram mais acertados e quais precisam ser reavaliados.

A principal delas está relacionada ao volume de vendas do produto em questão. Você pode usar um comparativo de resultados, com o antes e o depois de a estratégia ter sido colocada em prática para entender melhor o que melhorou (ou não) após as mudanças.

Agora você consegue entender melhor o que é o merchandising no PDV e por que ele é tão importante para um negócio? Com as dicas apresentadas, fica mais fácil saber como adotar uma ação como essa em sua loja. Que tal se preparar para implementar a estratégia e otimizar seus resultados?

Gostou deste post e quer continuar por dentro de outras publicações voltadas para estratégias e ações dentro de um supermercado? Então, assine a nossa newsletter agora mesmo e não perca as novidades que publicamos aqui no blog!