O gerenciamento multiloja pode ser entendido como uma espécie de “evolução” do desafio de administrar um único estabelecimento. Embora, em si, a expansão seja um sonho para qualquer empreendedor que inicia o próprio negócio, a grande verdade é que os novos obstáculos inerentes a esse passo à frente, como a ampliação das operações comerciais e a necessidade de administrar estoques diversos, podem tornar o cotidiano do gestor trabalhoso — para dizer o mínimo.

Nesse contexto, contar com a tecnologia como uma aliada pode fazer toda a diferença nos seus resultados. Um sistema de gestão multiloja, por exemplo, representa uma solução bastante prática e altamente eficaz para suprir as inúmeras demandas relativas ao gerenciamento de todos os pontos de forma acertada, assegurando um controle total sobre a sua rede de lojas.

Contudo, para desfrutar de toda a comodidade dessa praticidade no seu dia a dia, é imperativo saber escolher o software mais adequado para a sua empresa. Para ajudá-lo nessa missão, neste post, o nosso intuito é elencar os principais aspectos que merecem a sua atenção no momento de avaliar as opções disponíveis no mercado. Continue a leitura e confira!

1. Avalie as funcionalidades que são disponibilizadas no sistema de gestão multiloja

O primeiro passo — e provavelmente um dos mais relevantes — é avaliar cuidadosamente todas as funcionalidades disponibilizadas no software. A grande importância dessa ação reside no fato de que, mesmo que muitas empresas tenham demandas comuns, cada uma apresenta também as suas peculiaridades.

Inclusive, pode ser interessante listar detalhadamente os recursos que você precisa no dia a dia — nesse estágio, uma prática inteligente é se reunir com o seu time de colaboradores, na medida em que eles podem ajudá-lo a identificar as demandas. Após, você pode classificar as funções listadas como “desejável” e “indispensável”, por exemplo, pois fazer isso o ajudará a ponderar sobre o custo-benefício das opções avaliadas, já que existe a possibilidade de não existir um fornecedor que atenda a 100% das suas necessidades.

Nesse caso, uma boa alternativa é optar por aquele que entrega o maior número de funcionalidades “indispensáveis”.

2. Certifique-se de que a solução viabiliza o controle dos estoques de forma eficiente

A administração de uma rede de lojas — independentemente do segmento de atuação — implica a necessidade de gerenciar estoques múltiplos, que têm agendas de reposição distintas e fluxos individuais. Diante disso, é fundamental contar com um sistema de gestão multiloja que oportunize o controle dos estoques em múltiplos PDVs (Pontos de Venda). Afinal, do contrário, não será viável gerir corretamente nenhuma das lojas, o que impactará negativamente os seus resultados em um intervalo curto de tempo.

3. Avalie o suporte oferecido pela fabricante

Por mais simples e intuitivo que seja o sistema de gestão multiloja escolhido, haverá momentos em que você precisará de suporte. Então, mais um dos aspectos que merecem grande atenção no momento de escolher a opção mais conveniente para a sua empresa é a qualidade do atendimento prestado pela fabricante, que deve estar disponível para sanar eventuais dúvidas e apta a projetar o cenário mais positivo para a sua rede de lojas.

Além disso, é válido buscar também informações acerca do processo de implementação da solução e avaliar outros pontos, como:

  • se uma consultoria de implantação é disponibilizada;
  • se o contato com especialistas, em caso de inconvenientes inesperados, é fácil;
  • se, quando necessário, o acesso remoto aos equipamentos das suas unidades será executado etc.

4. Confira se o software permite a análise individual dos PDVs e dos produtos

Além da questão do controle eficiente dos estoques já mencionada, no papel de gestor, é muito importante que você tenha meios de acompanhar a performance de cada PDV e das mercadorias comercializadas individualmente. Afinal, é comum que determinadas unidades tenham uma demanda mais expressiva de certos produtos. Então, ao analisar esses detalhes por meio do sistema de gestão multiloja, será viável identificar quais itens requerem reposição com uma regularidade maior, por exemplo.

5. Certifique-se de que o sistema possibilita o monitoramento em tempo real do fluxo de caixa de cada loja

O controle do fluxo de caixa é uma funcionalidade básica desse tipo de solução. Em suma, trata-se da viabilidade de monitorar e medir a maneira como os recursos financeiros “fluem” na empresa, considerando a compra e a revenda de mercadorias, as contas a receber e a pagar, a lucratividade, entre outros.

Os gestores que estão à frente de uma rede de lojas precisam ter acesso a esse tipo de informação em tempo real — e relativo a todas as unidades administradas. Isso porque, como o fluxo de caixa é uma das métricas de maior relevância no que diz respeito à performance do negócio, é essencial avaliá-lo de forma constante, possibilitando tomadas de decisão estratégicas e ágeis sempre que necessário.

Ou seja, um sistema de gestão multiloja em que o fluxo de caixa de todos os PDVs pode ser acompanhado em tempo real viabiliza que ações rápidas sejam executadas. Por sua vez, isso evita, por exemplo, que campanhas promocionais de uma unidade prejudiquem a saúde financeira das demais, que surja a necessidade de fazer compras de reposição urgentes — o que, habitualmente, implica uma aquisição a preços mais elevados — etc.

Como você pôde ver, a expansão de um estabelecimento inevitavelmente faz surgirem novos desafios em termos de administração. Entretanto, em uma era de transformação digital, fazer da tecnologia uma aliada e contar com um bom sistema de gestão multiloja pode fazer toda a diferença no dia a dia do gestor, impactando positivamente não apenas as operações cotidianas, mas também os resultados projetados para a rede de lojas.

Nesse sentido, uma excelente alternativa é a CISS S.A., que conta com uma excelente estrutura física e de pessoas, possibilitando um desenvolvimento técnico constante e um forte suporte aos clientes. Além disso, presente em todo o país, o seu portfólio é composto de serviços e produtos inspirados nas oportunidades e nos desafios do setor varejista.

Quer contar com o apoio de uma fábrica de software que é movida pela inovação e tem o propósito de transformar ideias em ações que entregam mais competitividade, rentabilidade e crescimento aos contratantes? Então, entre já em contato conosco e conheça as nossas soluções, como o sistema de gestão multiloja!

Compartilhar