Pesquisar
Close this search box.

Como fazer uma gestão de produtos eficiente na sua loja

Fazer a gestão de produtos não significa apenas controlar a quantidade de itens em estoque ou manter um cadastro de mercadorias. Na realidade, essa tarefa é muito mais ampla e envolve todo o ciclo de vida do produto. 

Com a alta competitividade existente, ter uma gestão eficiente é um diferencial para evitar inúmeros problemas que a falta de organização traz para o comércio de materiais de construção, como a indisponibilidade de produtos em estoque ou os atrasos nas entregas. 

A seguir, mostramos como a adoção de processos e a manutenção de uma boa organização contribuem para melhorar a gestão de produtos e aumentar as vendas. Continue a leitura!

Qual é o conceito de gestão de produtos?

É preciso definir o que é produto para entender como acontece o seu gerenciamento. De maneira genérica, trata-se de qualquer item que tenha sido fabricado ou produzido com a finalidade de atender a alguma necessidade específica. 

Já a gestão de produtos é um conjunto de atividades que tem o objetivo de gerenciar o ciclo de vida de uma mercadoria de acordo com a necessidade do negócio. Em uma indústria, o ciclo de vida do produto começa na sua definição, e no varejo, ele começa na escolha de quais itens vão ser vendidos na loja. 

Fazer a gestão de mercadorias significa gerenciar todas as atividades que envolvem o item. Em uma loja de materiais de construção, por exemplo, esse gerenciamento compreende diversas tarefas, como definir quais alternativas vão estar disponíveis para a venda e controlar a reposição de estoque.

Quais são as diferenças entre marketing de produtos e gestão de produtos?

É muito comum que exista uma certa confusão entre esses dois conceitos, mas tratam-se de atividades com propósitos diferentes. O marketing de produtos tem a finalidade de encontrar e atrair os consumidores para cada mercadoria, com o objetivo de vendê-las.

Em outras palavras, significa encontrar os consumidores ideais, criar estratégias para atraí-los e fazer com que eles se interessem e comprem determinado produto. Para que isso aconteça, é preciso conhecer e entender as necessidades do consumidor. Dessa maneira, é possível estabelecer formas de apresentar a mercadoria ao cliente.

Além disso, a gestão de marketing de produtos deve saber como esse item é trabalhado no mercado, ou seja, a aceitação dos consumidores, quais são seus concorrentes etc. Sua função, portanto, é encontrar a maneira certa para vender as mercadorias.

O gerenciamento de produtos é responsável por definir quais vão ser os itens vendidos na loja e ter todo o controle sobre eles. Essas são atividades complementares, já que seu foco principal é a mercadoria. Enquanto o marketing se dedica às vendas, a gestão se dedica à organização e ao controle.

Como melhorar a gestão de produtos nas lojas?

Um bom gerenciamento de produtos é essencial para aumentar a lucratividade, tanto em lojas físicas quanto nas virtuais. É importante, portanto, atentar-se a alguns pontos específicos. Confira quais são eles a seguir.

Conheça o perfil do cliente

Conhecer o consumidor é importante para entender o que ele procura. Assim, é possível definir o mix de produtos ideal para atender às suas necessidades e potencializar o consumo. Além disso, é preciso fazer análises periódicas sobre a satisfação do cliente. Assim, pode-se avaliar se é necessário realizar algum tipo de mudança.

Faça um controle de estoque eficiente

Manter o estoque sob controle é essencial para uma boa lucratividade. O ideal é fazer um bom planejamento de reposição para que não faltem itens nas prateleiras, o que pode significar a perda de vendas. Utilize indicadores para acompanhar o estoque mínimo e máximo de cada item.

Além disso, use critérios de classificação de quais são os produtos mais relevantes para a loja. Uma forma eficiente de fazer isso é por meio da classificação pela curva ABC.

Mantenha parcerias com os fornecedores

Para garantir a reposição dos produtos com agilidade, é importante manter parcerias com os fornecedores. Avalie questões como prazo de entrega, flexibilidade em relação à quantidade de pedidos, disponibilidade das mercadorias etc. Dessa forma, fica mais fácil manter o planejamento de compras.

Como aplicar a gestão de produtos no varejo?

Um bom gerenciamento de produtos gera benefícios tanto à loja física quanto ao e-commerce. Isso acontece porque a boa organização ajuda o consumidor e o vendedor a encontrarem as informações necessárias. Confira, a seguir, os principais pontos a serem observados para aumentar a possibilidade de vendas.

Mantenha um cadastro de mercadorias eficiente

Para ter mais oportunidades de vendas, é preciso que o consumidor tenha acesso à informação. De nada adianta cadastrar um produto com uma descrição simples e curta se existem informações importantes sobre o item que o cliente precisa saber e que não estão disponíveis. Avalie com cuidado cada produto para verificar se não é preciso inserir dados complementares sobre eles, bem como especificações técnicas e outras informações.

No caso do e-commerce, atente-se às fotos utilizadas para a apresentação do produto, pois elas devem permitir que o consumidor tenha uma boa visão da mercadoria. No caso das lojas físicas, um bom cadastro de mercadorias contribui para que o vendedor tenha informações detalhadas sobre os produtos para transmitir ao cliente durante o atendimento, sempre que for necessário.

Facilite o acesso às mercadorias

Outra função importante é categorizar os produtos de maneira adequada. Isso é essencial para que os consumidores possam encontrar as mercadorias com facilidade. Além disso, ofereça um sistema de busca eficiente e que apresente resultados mais precisos.

Em uma loja virtual, por exemplo, quando o cliente não encontra o que procura com facilidade ou a busca retorna produtos que não têm relação com a pesquisa, a tendência do consumidor é desistir da visita e ir para a concorrência.

A categorização de produtos com eficiência também é importante para as lojas físicas, pois garante mais agilidade durante o atendimento ao cliente. Dessa forma, a busca pela mercadoria no sistema funciona com mais facilidade e organização.

Utilize um sistema de entrega eficiente

O sistema de entregas também é um fator importante no gerenciamento de produtos. Isso acontece porque esse é um elemento decisivo para aumentar a satisfação do cliente, já que esse é um fator que interfere no tempo de entrega e os valores dos fretes.

Fazer um bom planejamento contribui para evitar problemas como os atrasos nas entregas, extravios de mercadorias ou danos aos produtos. Além disso, é importante considerar mais de uma forma de envio. Dessa forma, é possível evitar atrasos caso haja a indisponibilidade dos serviços, como em casos de greves.

Como vimos, fazer a gestão de produtos é uma tarefa essencial para aumentar a lucratividade e oferecer um bom atendimento ao cliente. É preciso adotar processos e manter uma boa organização para que essa atividade favoreça a quantidade e a qualidade das vendas do negócio.

Viu só como a organização e o controle de produtos são importantes para aumentar as vendas no varejo? Compartilhe este conteúdo nas redes sociais para que outras pessoas aproveitem essas ideias!

Pesquise no blog da CISS
Pesquisar
Artigos recentes​
Inscreva-se

Quer receber dicas de gestão exclusivas gratuitamente?

Para saber mais sobre como a CISS coleta, utiliza, compartilha e protege seus dados pessoais, leia a Política de Privacidade da CISS.

Compartilhe:
Você poderá gostar também: