Pesquisar
Close this search box.

DIY: como aproveitar essa tendência para atrair clientes

O conceito DIY, que é a abreviatura de do it yourself — ou faça você mesmo, em português —, surgiu nos Estados Unidos, entre os anos 1940 e 1950, em função das dificuldades financeiras após a Segunda Guerra Mundial, que fizeram com que as pessoas realizassem suas próprias melhorias em casa.

De lá para cá essa tendência só aumentou, visto que a internet e os inúmeros vídeos e artigos espalhados pela rede que ensinam como fazer diversas atividades, mostram que cada vez mais pessoas querem seguir esse conceito. Para as lojas de materiais de construção, por exemplo, essa é uma excelente oportunidade para aumentar as vendas.

Pensando nisso, fizemos este conteúdo para mostrar de que forma as lojas podem aproveitar essa tendência, quais produtos são mais interessantes para o consumidor final, além de algumas ideias de decoração que podem ser feitas com materiais de construção. Continue a leitura para saber mais!

Quais são os principais materiais de construção utilizados pela onda DIY?

Existem diversas possibilidades de vendas para os consumidores que seguem a tendência do DIY, desde as mercadorias necessárias para produzir um determinado objeto ou as ferramentas necessárias para o desenvolvimento dessas atividades.

Portanto, a loja pode explorar de diferentes maneiras esse conceito. Confira alguns desses produtos, a seguir:

  • azulejos;
  • cordas;
  • cimento;
  • tintas;
  • alicates;
  • madeira;
  • blocos de construção;
  • ferramentas elétricas.

Qual a melhor forma de atrair o consumidor por meio dessa temática?

As lojas de materiais de construção são um verdadeiro paraíso para quem aderiu ao conceito DIY. Por isso, você pode investir em ações que incentivem o consumidor nessa prática. Listamos algumas dicas para aumentar o interesse do público e conquistar novos clientes:

Crie canais para a divulgação de ideias sobre DIY

É importante investir em diferentes canais para ajudar o consumidor a desenvolver a criatividade e, com isso, incentivá-lo a comprar mais. Existem diversas alternativas que podem ser exploradas pelo seu estabelecimento, como a criação de um blog com atividades descritas em passo a passo para diferentes setores da loja.

Além de itens de decoração, a loja também pode fazer postagens com dicas sobre a combinação de cores para a pintura da casa, com a explicação de quais pinceis e materiais são mais indicados para essa atividade, orientar sobre como fixar uma prateleira na parede da maneira correta, etc.

Outra possibilidade é criar um canal com vídeos explicativos sobre essas atividades ou deixar publicações espalhadas em locais estratégicos da loja. O importante é atrair a atenção do consumidor para os materiais utilizados na produção das peças e ajudá-lo na execução das tarefas.

Espalhe pela loja itens que podem ser feitos pelo próprio consumidor

Uma forma de atrair a atenção do consumidor para essa atividade é deixar exemplos prontos que indiquem o que é possível fazer com o produto. Por exemplo, ao lado dos azulejos e pastilhas, deixe uma bandeja de madeira forrada com mosaico.

Além disso, ofereça um passo a passo de como produzir aquela peça, que pode ser na forma de um QR Code direcionando para o blog da loja onde o cliente irá encontrar a lista dos materiais necessários para a produção da peça, ou para um vídeo das suas redes sociais com o tutorial de como fazê-la.

Dessa forma, além de relacionar o azulejo e as pastilhas utilizados, indique outros itens de material de construção que também são necessários para produzir a peça, como um alicate específico para cortar azulejos, a espátula e o rejunte necessário para colar as peças.

Faça parcerias com influenciadores digitais

Ao fazer uma pesquisa no Google Trends com relação à busca pela palavra-chave DIY no período de 12 meses, pode-se perceber que houve uma procura significativa para o termo, com percentuais de interesse maiores que 75%, e esta se manteve constante ao longo do ano. Além disso, os resultados mostram que houve interesse de todo o país por essa palavra, o que reafirma a forte tendência desse conceito.

Muitas dessas pesquisas encontram os resultados que procuram em páginas ou canais de influenciadores digitais. Isso porque eles explicam em detalhes como fazer as mais variadas peças e atividades. Por isso, criar uma parceria com influenciadores pode significar uma boa oportunidade de aumentar as vendas, já que eles podem mencionar e indicar a loja durante a produção dos vídeos.

Quais itens de decoração podem ser feitos no modelo faça você mesmo?

As mercadorias vendidas nas lojas de material de construção podem ter outras finalidades além de sua função original, para os criativos que aderem a tendência do faça você mesmo. Para que você comece a aplicar as dicas na sua loja hoje mesmo, listamos a seguir exemplos de itens de decoração possíveis de serem feitos em casa com produtos que você já vende na sua loja.

Cimento ou argamassa

Os vasinhos de cimento fazem muito sucesso como um item de decoração. Isso porque eles são elegantes e ajudam a dar um tom rústico ao ambiente. Além disso, são fáceis de fazer em casa. Com apenas dois utensílios de plástico, um maior e outro menor, é possível produzir um lindo vaso.

Para isso, misture duas partes e meia de cimento para uma de areia ou utilize a argamassa, que já vem pronta, e é só adicionar água. Com a mistura pronta, coloque-a no utensílio maior e, a seguir, encaixe o menor no centro.

É importante colocar algo como areia ou pedra no utensílio menor, para que ele pese e ajude a criar o formato do vaso. Por fim, é só esperar secar e desenformar com cuidado.

Blocos de concreto

O bloco de concreto é outra mercadoria que pode ter dupla função em uma loja de material de construção. Como item de decoração, ele pode ser usado de diferentes maneiras. Um exemplo é para a construção de um jardim externo, em que seus vãos podem ser utilizados para colocar pequenos vasos de plantas.

Outra possibilidade é como auxílio para construir a mobília da casa, pois ele pode servir de base para prateleiras e, dessa forma, se transformar em mesas de centro ou lateral e, até mesmo, ser utilizado como rack para TV.

Abajur

Fazer abajures ou luminárias também é outra possibilidade. Em lojas de material de construção é possível encontrar todos os itens necessários para produzi-los, entre eles: bocal, fios, interruptor, alicate e chave de fenda.

A montagem pode ser feita de diferentes formas, como em um cano de PVC com detalhes feitos com a ferramenta microrretífica ou utilizar um ralador de alumínio para servir de cúpula.

Como vimos, em uma loja de material de construção existem inúmeros produtos que podem ser utilizados pelos consumidores que aderiram ao conceito DIY. Por isso, invista em ações para reforçar essa tendência, chamando a atenção de seus clientes e até atraindo novos, e confira o resultado positivo com o aumento das vendas e do ticket médio.

Gostou do nosso conteúdo sobre o potencial das atividades do tipo faça você mesmo? Então, compartilhe este post com sua equipe para que vocês comecem a aplicar o quanto antes!

Pesquise no blog da CISS
Pesquisar
Artigos recentes​
Inscreva-se

Quer receber dicas de gestão exclusivas gratuitamente?

Para saber mais sobre como a CISS coleta, utiliza, compartilha e protege seus dados pessoais, leia a Política de Privacidade da CISS.

Compartilhe:
Você poderá gostar também: