A precificação inteligente é uma estratégia importante para que você consiga manter a competitividade do seu negócio, satisfazer melhor seus clientes e maximizar os lucros. Muitos gestores acabam perdendo seu espaço no mercado ou arcando com prejuízos financeiros por negligenciarem essa questão.

Diante da importância do assunto, redigimos este conteúdo que esclarece o conceito da precificação inteligente, sua importância e impactos na empresa. Também, abordamos quais são as melhores dicas para que você consiga aplicar essa tática no campo prático. Confira!

No que consiste uma precificação inteligente?

Os valores praticados pelas empresas sofrem constantes aumentos e quedas, sendo relevante que você saiba quais são as mudanças para que seus produtos acabem sendo nem mais altos que os de seus concorrentes nem muito baratos, gerando prejuízos às suas finanças.

Diante desses fatos, os empreendedores usam a precificação inteligente para realizar reajustes automáticos dos preços dos produtos, adequando-os à realidade do mercado. Por exemplo, se seu varejo deseja aumentar as vendas, um sistema de precificação inteligente reduzirá os preços dos produtos mais flexíveis e complementará as quantias em outra esfera, equilibrando as contas e satisfazendo os clientes.

A precificação inteligente exige um elevado grau de conhecimento dos varejistas, pois é preciso considerar um grande número de informações, como:

  • concorrência: a quantidade de concorrentes na sua região e suas qualidades;
  • sazonalidade: aumento ou redução da demanda por certos produtos dependendo da época do ano;
  • diferencial competitivo: são as vantagens de mercado do seu varejo, como a exclusividade de certo produto na sua região;
  • público e posicionamento: conhecimento sobre seu público-alvo;
  • finanças do negócio: inclui as despesas e custos do negócio, conversão, média das vendas etc.

Benefícios

Essa estratégia traz diversas vantagens para o varejo que a aplica, como:

  • maior competitividade: você conseguirá se manter sempre com preços competitivos, atraindo mais consumidores e agradando os atuais;
  • rentabilidade: maior segurança de faturamento, evitando que o negócio arque com crises decorrentes de precificação errônea;
  • aumento do retorno sobre o investimento (ROI): a empresa conseguirá maximizar os ganhos com a realização de investimentos;
  • melhora da imagem: todas essas qualidades melhoram a imagem perante o mercado, clientes, fornecedores, parceiros, além de tornar o negócio mais atrativo para investidores.

Como se trata de uma tática complexa, ela é indicada para comércios que têm uma boa bagagem de informações internas. Entretanto, você pode facilitar a obtenção de informações e melhorar a gestão financeira da sua empresa com um sistema de gestão desenvolvido especialmente para seu negócio.

Diferença da precificação dinâmica

É muito importante diferenciar esse conceito da precificação dinâmica, que é uma estratégia de alteração de preços a partir das informações captadas dos concorrentes. Por exemplo, você decide os concorrentes e produtos que acompanhará os preços e baseará os valores do seu negócio a partir deles.

A precificação inteligente é um procedimento mais complexo, pois o varejista conta um número maior de dados para calcular os preços de seus produtos.

Quais são algumas dicas para fazer uma precificação inteligente?

À primeira vista, a precificação inteligente pode parecer um processo bastante complexo, mas ainda se trata de uma tática crucial para o sucesso do seu negócio. Se você quer saber como aplicá-la, veja as melhores dicas para isso nos tópicos abaixo.

Monitore a concorrência

A análise de concorrência consiste em identificar a quantidade de seus concorrentes de mercado, bem como estudar qualidades, como:

  • estudar seus diferenciais competitivos;
  • analisar os produtos vendidos;
  • verificar a qualidade do atendimento;
  • forma de organização das gôndolas;
  • entre outras características.

Conheça os preços do mercado

Também é necessário manter um monitoramento constante das ofertas praticadas no mercado, já que esse é um fator de grande relevância para tomada de decisão do cliente. Se seus preços forem muito mais altos que os dos concorrentes, você poderá perder uma quantidade considerável de fatia do mercado.

Lembre-se de que os valores dos concorrentes não devem ser o único elemento a ser considerado na precificação, sendo preciso analisar as especificidades do negócio como custos, despesas, margem de lucro etc.

Conquiste e fidelize clientes

Muitos clientes tomam suas decisões a partir de outros fatores alheios ao preço, como a melhor localização, exclusividade de produtos, formas de pagamento, realização de entrega das mercadorias na residência dos clientes etc. Essas são ações que acarretam a atração de novos clientes e sua fidelização.

Por essa razão, o investimento em diferenciais competitivos impacta diretamente na precificação do negócio, podendo justificar uma elevação dos preços.

Prepare seu estoque

Com a utilização da estratégia você obtém mais conhecimento sobre a demanda e conseguirá aumentar suas vendas, surgindo a necessidade de se preparar para atender o crescimento de clientes. Nesse caso, será necessário que você melhore a entrega dos produtos e aperfeiçoe a gestão do seu estoque.

Utilize a tecnologia

Não é viável exigir que o varejista realize a precificação inteligente de forma manual, pois é preciso trabalhar uma grande quantidade de dados e mantê-las atualizadas constantemente. Para solucionar esse problema, você deve implementar um software de gestão para aplicar essa tática eficientemente.

Sem essa tecnologia, o varejo precisará de uma equipe que monitore constantemente os concorrentes e as mudanças de preços do mercado, o que demanda muito capital, tempo e esforço.

Por outro lado, o sistema de gestão automatizará os processos manuais, exigindo apenas um operador, que pode ser o próprio gestor. Além disso, a plataforma disponibiliza diversos benefícios, como:

  • eliminação da ocorrência de falhas humanas, como erros de cálculo, atrasos, perda de arquivos e esquecimentos;
  • melhoria na tomada de decisão e maior produtividade, já que os gestores poderão se concentrar nos esforços para outras questões, como negociação com fornecedores, estruturação de planejamento estratégico etc.;
  • informações digitais são mais seguras pelo fato de não serem facilmente perdidas como os documentos físicos;
  • visão integrada e geral dos setores do negócio, incluindo gestão financeira, de custos, do estoque, fluxo de caixa, pagamento de impostos etc.

Além de tornar a precificação inteligente viável, todas essas vantagens contribuem para aumento da competitividade, lucratividade e desenvolvimento saudável do negócio.

Apesar de a precificação inteligente trazer grandes benefícios para sua empresa, é um processo bastante complexo e exige muito conhecimento dos gestores. Mas com as dicas apresentadas, você saberá como viabilizar a implementação dessa estratégia e ainda maximizar os ganhos do seu negócio!

Gostou do nosso conteúdo? Siga-nos nas redes sociais para se manter informado sobre o assunto! Estamos no Facebook, Instagram, LinkedInYoutube!

Compartilhar