O desempenho do varejo supermercadista depende muito das campanhas que estimulam as vendas. Essas ações devem estar alinhadas às estratégias do negócio e podem ser adotadas em diferentes ocasiões. Mas como saber se o supermercado está aproveitando todas as oportunidades possíveis para vender mais? Apostando no calendário promocional!

Existem datas muito importantes para os consumidores, como Natal, Dia das Mães e Páscoa. Outras situações, embora não sejam tão evidentes, também podem aquecer o comércio, como a realização de jogos da Copa do Mundo ou o Jogos Olímpicos. Em todos os casos, estamos falando de iniciativas sazonais, que devem ser pensadas com antecedência.

O ideal, portanto, é montar um calendário promocional prevendo todas as ações do ano. Neste artigo, vamos explicar como ele deve ser elaborado. Continue a leitura e confira nossas dicas!

Qual é o potencial das datas comemorativas para os supermercados?

Datas comemorativas costumam elevar muito as vendas do varejo, de maneira geral. As melhores e mais tradicionais épocas para as vendas nos supermercados são o Natal, o Dia das Mães, a Páscoa, entre outras ocasiões. Isso porque são momentos em que os consumidores se organizam para realizar reuniões em família e com amigos.

São ocasiões tão significativas que elevam os resultados do setor de forma incontestável. De acordo com o Índice Nacional de Vendas da Associação Brasileira de Supermercados (Abras), as redes registraram um aumento real de 21,13% nas vendas de dezembro de 2018, em comparação com o mês anterior.

Ainda de acordo com o levantamento da Abras, em 2018, o segundo melhor mês de venda dos supermercados foi em março, com alta de 17,23% em relação a fevereiro. O desempenho reflete outro período sazonal: a Páscoa, que caiu em 1º de abril.

Esses dados demonstram o potencial das datas comemorativas para os supermercados, mesmo em um período de dificuldade econômica, como o Brasil vem enfrentando nos últimos anos.

Mas é importante observar que os varejistas não devem dar atenção especial apenas a esses períodos, já consagrados. Existem mais oportunidades em aberto, nem sempre bem aproveitadas pelos supermercados.

É o caso de datas como Black Friday, dia do consumidor e eventos esporádicos, como jogos de grande repercussão. Em 2018, as vendas nos supermercados aumentaram 1,7%, em média, durante a Black Friday, realizada em novembro, segundo levantamento feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Mesmo assim, o número de redes que desenvolvem campanhas para a data ainda é muito baixo. Segundo dados da Associação Paulista de Supermercados (Apas), apenas metade dos varejistas do ramo manifestaram interesse em aderir à Black Friday, em 2018.

Para 2019, os supermercados projetam um crescimento de 3%. Essa alta deve ser impulsionada, sobretudo, pelas vendas sazonais. Com a economia em recuperação, a expectativa é que os consumidores gastem mais em datas comemorativas. Você já se programou para isso? Se não, está na hora de começar a montar o calendário promocional da sua loja.

O que é o calendário promocional e como montar um?

O calendário promocional nada mais é do que a organização de todas as datas e ações que podem impulsionar as vendas em períodos sazonais. O ideal é que o varejista organize esse material com antecedência, preferencialmente, de um ano para o outro. Assim, já começa o ano sabendo quais campanhas deverá realizar nos meses seguintes.

Antecipar-se às datas é fundamental para obter melhores resultados. Isso porque é preciso adotar alguns cuidados, como:

  • negociar previamente com fornecedores para obter preços mais competitivos;
  • mensurar o desempenho das categorias antes das ações para comparar com os resultados alcançados;
  • analisar o perfil do consumidor;
  • conhecer os produtos mais vendidos em cada período sazonal;
  • identificar novidades que possam gerar maior fluxo de vendas;
  • definir ações da campanha e meios de divulgação.

Fica fácil observar que, quanto antes o calendário promocional for planejado, melhor. Mas, afinal, como montá-lo? Não existe uma técnica única, cada rede vai desenvolver o seu próprio método. Entretanto, existem pontos básicos que precisam ser observados.

Para facilitar a compreensão sobre esses aspectos, montamos um passo a passo que ensina de forma prática e rápida a montar um calendário promocional. Confira!

  • identifique todas as oportunidades sazonais de vendas;
  • escolha as datas comemorativas ou eventos que deverão ser alvo de ações promocionais;
  • conheça o desempenho do seu negócio nesses períodos (é possível fazer isso analisando os resultados de vendas dos anos anteriores, por exemplo);
  • estabeleça metas de vendas;
  • avalie as ações promocionais mais adequadas para o seu supermercado, como eventos de degustação, redução de preços, merchandising no PDV etc.;
  • defina prazos, responsabilidades, orçamento e ações que devem ser executadas para que as campanhas sejam realizadas;
  • comunique-se bem com seus colaboradores e com seu público.

Quais estratégias devem ser observadas na hora de elaborar o calendário promocional?

Agora que você já sabe como montar o calendário promocional, vale a pena conferir mais algumas dicas que vão melhorar suas estratégias. É o que apresentamos a seguir!

Aproveite datas e eventos ainda pouco explorados

Existem ocasiões que, embora sejam interessantes para os consumidores, passam despercebidas pelos varejistas. É o caso, por exemplo, de eventos como a Copa América, que será realizada no Brasil entre junho e julho de 2019.

Além dos turistas que podem vir às cinco cidades que vão sediar os jogos (São Paulo, Salvador, Belo Horizonte, Rio de Janeiro), existem, ainda, os torcedores brasileiros. É uma excelente oportunidade para vender petiscos, bebidas e até produtos importados (homenageando as seleções participantes da Copa América).

Existem outras ocasiões que não fazem parte das datas comemorativas tradicionais, mas que podem ser trazidas para o calendário promocional. Fique atento a todas as oportunidades.

Use a criatividade

A criatividade é fundamental na hora de elaborar o seu calendário promocional. Ela deve estar presente na hora de escolher as ocasiões que serão alvo das campanhas, na comunicação com o público, na escolha dos produtos, em tudo. Pensar fora da caixa pode trazer novas oportunidades ainda não avaliadas. Por isso, aposte no brainstorm.

Aproveite para testar e conhecer melhor seus consumidores

As ações do calendário promocional podem ter diferentes objetivos a alcançar. Sempre pensamos no aumento das vendas, mas há outras estratégias a explorar, como a aproximação com os consumidores.

Que tal usar uma ação promocional para conhecer melhor o seu público ou para testar a aceitação sobre determinado produto? Outra possibilidade é associar as iniciativas previstas para o calendário promocional a ações para fidelizar clientes. Basta usar a criatividade!

Tem alguma ideia a mais sobre calendário promocional? Então, compartilhe conosco. Deixe seu comentário!