Pesquisar
Close this search box.

Open banking: o que é e como impacta nos negócios?

O open banking é uma tendência global que está transformando a maneira como as instituições financeiras lidam com informações e serviços. Essa é uma abordagem inovadora que permite o compartilhamento seguro de dados entre diferentes organizações, fornecedores e clientes. 

Com essa novidade, as empresas podem, por exemplo, personalizar seus produtos e soluções para atender às necessidades específicas do público-alvo. Neste artigo, você irá descobrir mais sobre esse sistema e entender de que forma ele pode impactar os negócios.

Continue a leitura!

O que é open banking?

De forma simples, é possível dizer que o open banking é uma prática que permite o compartilhamento seguro e controlado de dados bancários dos clientes entre diferentes instituições financeiras. Esse sistema facilita a oferta de serviços integrados, com maior transparência e eficiência, incentivando a criação de novas soluções para atender às necessidades dos consumidores.

A tecnologia está sendo monitorada pelo Banco Central (BC) e, portanto, é segura. Afinal, todas as instituições participantes atendem a premissas básicas estabelecidas pelo órgão e estão sujeitas a punições. Vale lembrar que se o cliente, seja pessoa física ou jurídica, não quiser compartilhar os dados, nenhum participante do sistema poderá acessar as informações dele.

O open banking permite também que empresas de tecnologia financeira (fintechs) e outras empresas inovem e criem novas soluções financeiras.

Como o open banking impacta nos negócios?

O sistema financeiro aberto será responsável por aumentar a concorrência entre as instituições bancárias, o que pode impactar significativamente os negócios e empresas. Isso porque ao buscarem oferecer uma maior gama de serviços e produtos, existe a tendência de que ocorra uma redução nas tarifas e taxas, dado que a concorrência entre as organizações será mais acirrada.

Isso irá impactar positivamente a gestão financeira de pessoas jurídicas e, até mesmo, colaborar para a diminuição de problemas contábeis, já que as soluções estarão mais alinhadas com as demandas do cliente. 

Além disso, a partir do compartilhamento seguro e controlado de dados bancários dos clientes com o open banking, pode ser que ocorra uma redução de custos e o aumento da eficiência operacional, já que as negociações entre empresas e bancos serão muito mais rápidas.

Conclusão

O open banking é uma revolução no setor bancário que está transformando a forma como as empresas e os consumidores lidam com seus dados financeiros. Ele oferece várias vantagens para o setor de varejo e negócios, como serviços financeiros personalizados e acesso a empréstimos e financiamentos de outras instituições financeiras.

No entanto, o open banking pode também apresentar desafios, como por exemplo a privacidade dos dados do cliente. Por isso, as empresas precisam estar cientes dos riscos e desafios envolvidos e investir em sistemas seguros e de confiança.

Muito interessante, não é? E, agora que você já sabe tudo sobre o assunto, que tal ficar por dentro de outras novidades do mercado? 

Veja agora quais são as tendências para supermercados e se destaque da concorrência!

Pesquise no blog da CISS
Pesquisar
Artigos recentes​
Inscreva-se

Quer receber dicas de gestão exclusivas gratuitamente?

Para saber mais sobre como a CISS coleta, utiliza, compartilha e protege seus dados pessoais, leia a Política de Privacidade da CISS.

Compartilhe:
Você poderá gostar também: