Pesquisar
Close this search box.
Imagem de uma mulher de óculos em frente à duas telas de computador, apontando com uma caneta para um gráfico presente em uma das telas, representando uma aplicação prática da inteligência de mercado nos dias atuais.

Inteligência de mercado: como usar para impulsionar os negócios

Já parou para pensar como as grandes empresas conseguem se destacar da concorrência, estando sempre à frente, apresentando produtos inovadores e ampliando seu espaço de domínio? Existem várias respostas a tais perguntas, mas uma das principais, sem dúvida, é a inteligência de mercado.

Inteligência de mercado é um conceito estratégico que concede às empresas uma visão ampla dos negócios, mensurando cenários atuais e futuros para possibilitar tomadas de decisão cada vez mais assertivas.

No artigo de hoje, você irá aprender tudo sobre inteligência de mercado e como ela pode ajudar a impulsionar o seu negócio de uma vez por todas! Vamos lá?

Mas o que é inteligência de mercado?

Em primeiro lugar, é importante afirmar: inteligência de mercado e business intelligence não são a mesma coisa. Uma vez que a área de Business Intelligence (ou simplesmente BI) é dedicada à análise de dados internos de uma empresa, a inteligência de mercado olha para fora, coletando, analisando e interpretando os dados sobre o mercado como um todo. 

Qual a tendência de comportamento dos clientes? Como os concorrentes estão se posicionando? Qual o cenário atual do seu segmento? Essas e várias outras perguntas são objeto de estudo da inteligência de mercado, que visa, com essas reflexões, obter insights valiosos para o desenvolvimento estratégico da empresa. 

Como entender isso na prática?

Business Intelligence, inteligência competitiva e até mesmo a inteligência artificial são extremamente importantes para o mundo dos negócios, mas diferem da inteligência de mercado pela amplitude. 

Por ser uma das principais ferramentas para permitir o entendimento das dinâmicas em um nível mais amplo, a inteligência de mercado é capaz de identificar demandas, prevenir riscos e apresentar soluções. Mas nem sempre a teoria é capaz de apresentar a real dimensão do que está sendo dito. Então, que tal vermos na prática?

Em dezembro de 2023, a S&P Global, uma grande empresa norte-americana dedicada à realização de análises financeiras, publicou um relatório intitulado “A disjointed world, (“Um mundo desarticulado”, em português), no qual analistas de inteligência de mercado divulgaram os principais temas que impulsionarão as relações econômicas globais em 2024. Entre os tópicos apresentados estão o reordenamento geopolítico (em decorrência do processo eleitoral que ocorrerá em vários países este ano), a predominância de falhas econômicas, a resiliência na cadeia de abastecimento, entre outros.

O que isso significa para nós? Em linhas gerais, podemos presumir, com base na análise, que 2024 será um ano de volatilidade no mercado, e que diversas movimentações globais precisam ser observadas, por terem potencial de impactar nos negócios locais. A partir daí, a depender do segmento de atuação de uma empresa, planejamentos estratégicos podem ser traçados, visando proteger-se da volatilidade ou aproveitá-la de algum modo. 

Viu? Isso é inteligência de mercado. 

Mas como realizá-la na prática? Como trazer essa inteligência para o dia a dia do seu negócio? É isso que veremos a seguir. 

Métodos para coletar e analisar dados do mercado

De forma bastante simples e objetiva, podemos dividir os métodos de coleta de dados do mercado em duas grandes categorias: os métodos primários e os secundários. Veja abaixo:

Métodos primários

Tem como base a captação de dados feita diretamente com os clientes (ou potenciais clientes) e com outros agentes do mercado. Algumas técnicas utilizadas no método primário são:

  • Pesquisas de mercado;
  • Feedbacks;
  • Monitoramento da concorrência. 

Métodos secundários

Fazem uso de dados já existentes, provenientes de fontes internas ou externas. Entre as principais técnicas, podemos elencar:

  • Análise de documentos oficiais (relatórios, artigos, publicações etc.);
  • Análise de Big Data.

Coletar os dados é o primeiro passo, mas não é o bastante. Após identificar os dados, é preciso analisá-los para que eles se transformem em informações úteis para o seu negócio. 

As principais técnicas de análise de dados na inteligência de mercado também podem ser subdivididas em grupos, como você pode ver abaixo:

  •  Análise preditiva: faz uso da estatística e dos algoritmos para prever cenários com base nos dados obtidos;
  • Análise de sentimentos: extrai o sentimento dos clientes em relação a alguma marca, produto ou serviço específico com base em técnicas de linguagem natural;
  • Segmentação: técnica que consiste na divisão dos clientes ou potenciais clientes em grupos de interesses para elaboração de estratégias personalizadas para cada um. A segmentação é feita com base no comportamento ou preferências do público, a depender do objetivo da empresa.

Leia também: Comportamento do consumidor: tendências para 2024


Insights de mercado e estratégias de negócios

Após coletar e analisar os dados obtidos, a última etapa da inteligência de mercado é transformar os insights em estratégias viáveis e direcionadas a gerar benefícios ao negócio. 

Aqui, a tarefa está longe de ser um esforço isolado, ou “job de um time só”. Na hora de colocar a mão na massa, vários setores da empresa devem estar envolvidos. Só assim a inteligência de mercado poderá, efetivamente, ser convertida em resultados concretos.

Que tal darmos uma olhada em alguns exemplos? Veja abaixo como alguns times podem utilizar os insights obtidos para elaborar estratégias personalizadas para o seu negócio:

  •  Desenvolvimento de produtos: com base na inteligência de mercado, a equipe de desenvolvimento de produtos pode criar ou aprimorar produtos para atender às necessidades e expectativas dos clientes, sempre buscando se diferenciar da concorrência;
  •  Marketing: o time de marketing é bastante beneficiado pela inteligência de mercado. Com ela, a equipe consegue otimizar o posicionamento e a segmentação, apresentar propostas de valor e estratégias publicitárias mais assertivas e personalizadas, sempre de acordo com o perfil e o comportamento do público prospectado;
  •   Precificação: a equipe responsável pela precificação dos produtos também tem um upgrade em sua inteligência, podendo estabelecer e/ou revisar os preços de forma que eles sejam mais competitivos e rentáveis;
  •  Expansão: as lideranças responsáveis pela expansão de um negócio, por meio da inteligência de mercado, conseguem ter uma visão mais clara do cenário, facilitando a identificação de oportunidades de crescimento, a viabilidade de entrada em novos mercados, concretização de parcerias, fusões, aquisições, entre outros.

Desafios e soluções no processo de implementação da inteligência de mercado

Estamos nos aproximando do final deste artigo, mas, antes, é importante falar sobre os desafios. Afinal, nada na vida é feito apenas de vantagens, certo? Implementar inteligência de mercado pode ser algo desafiador e você precisa estar preparado. 

Mas não se assuste. Afinal, não há desafio no mercado que não seja solucionável. Por isso, preparamos uma lista super prática com os principais desafios e algumas soluções para você ficar por dentro. Vamos lá?

DESAFIOSSOLUÇÕES
❌ Dificuldade de acesso ou qualidade dos dados✅ Utilização de softwares especializados
❌ Falta de recursos humanos ou tecnológicos✅ Formação de equipes dedicadas
❌ Resistência à mudança ou à inovação✅ Criação de cultura orientada a dados

Inteligência de mercado: o poder do conhecimento a serviço do seu negócio

Olhando de modo superficial, o mundo dos negócios pode parecer distante da realidade do seu empreendimento — e, assim, você pode ser levado a crer que análises de mercado mais amplas não fazem muita diferença no seu dia a dia. Mas não se engane: elas fazem toda a diferença.

Lembra que iniciamos este artigo questionando como as grandes empresas conseguem se destacar? O segredo está aqui. Ter um entendimento profundo sobre o mercado, sobretudo sobre o seu segmento de atuação, é ter em mãos uma ferramenta poderosa que vai fazer com que o seu negócio saia na frente dos seus concorrentes. 

Dominar a inteligência de mercado é subir vários degraus na escala de qualidade do seu serviço. É estar por dentro das principais tendências e dos mais perigosos desafios que estão por vir. É estar sempre à frente, sempre preparado, sempre inovando. 

A inteligência de mercado é uma fonte inesgotável de insumos para que você aplique as melhores estratégias e dê as respostas mais rápidas às demandas que a sociedade necessita. 

Se o mercado carece de empreendimentos que pensem além da caixa, com essa ferramenta você será capaz de ir além, sem descuidar do que há dentro dela. 


Quer saber mais sobre tendências do mercado? Acesse a página principal do nosso blog, selecione o segmento de seu interesse e cadastre-se agora para começar a receber conteúdos selecionados da CISS gratuitamente. Até a próxima!

Pesquise no blog da CISS
Pesquisar
Artigos recentes​
Inscreva-se

Quer receber dicas de gestão exclusivas gratuitamente?

Para saber mais sobre como a CISS coleta, utiliza, compartilha e protege seus dados pessoais, leia a Política de Privacidade da CISS.

Compartilhe:
Você poderá gostar também: