Pesquisar
Close this search box.

Como fazer a gestão logística da sua loja com eficiência?

A gestão logística de uma loja, seja ela online ou física, é uma tarefa primordial para o sucesso dos negócios. Afinal, qualquer tipo de gargalo nesse setor pode acarretar em desorganização e prejuízos para a empresa, que acaba perdendo produtos, comprando na hora errada, desperdiçando recursos em rotas de entrega equivocadas, entre outros problemas.

Mas então como gerenciar esse processo de uma forma eficiente? Leia este artigo para descobrir!

O que é gestão logística?

Primeiramente, é importante entender o que é a gestão logística. Basicamente, entendemos por gestão logística no varejo o conjunto de processos que envolvem toda a movimentação de mercadorias em uma empresa, desde a sua chegada, armazenamento no espaço físico, exposição nas prateleiras e entrega ao cliente final. 

De modo geral, as principais etapas da gestão logística são: 

  • recebimento: consiste na checagem dos itens assim que a mercadoria é recebida. Isso inclui a compatibilização entre os pedidos de compra, as informações da nota fiscal e o que de fato foi entregue pelo fornecedor;
  • armazenamento: onde e como essa mercadoria será guardada, analisando se as condições do ambiente são adequadas e se a lógica da organização atende às demandas do negócio;
  • movimentação: envolve todo o manuseio de mercadorias que implica na alteração do local de estoque. Podem ser consideradas nessa etapa, as transferências entre filiais, retiradas dos centros de distribuição ou depósitos para a área de venda, ou até mesmo movimentações dentro do próprio armazém;
  • entrega: planejamento de como será feita a distribuição dos itens para os consumidores. Em casos de supermercados e alguns varejos presenciais, a entrega pode ser feita no próprio espaço físico da loja. Mas também há o serviço de entregas em domicílio, no qual é importante organizar o deslocamento, o meio de transporte, o prazo de recebimento pelo cliente, entre outros fatores. 
  • logística reversa: essa etapa também é muito importante, principalmente nos momentos atuais de crescimento do comércio eletrônico e valorização da sustentabilidade. Isso porque esse conceito envolve tanto as trocas e devoluções de produtos novos pós-venda quanto define formas mais eficientes de recolher os resíduos após o produto ter sido utilizado. Um exemplo prático disso: garrafas retornáveis de refrigerante. 

Como ter mais eficiência na gestão logística?

Como são vários os processos, é preciso manter um controle muito assertivo de todas as etapas para conseguir ser mais eficiente, prevenir perdas de produtos, evitar atrasos, avarias ou qualquer outro tipo de problema. 

Por esse motivo, há dois pontos muito relevantes para realizar uma gestão logística de sucesso. Confira! 

1. Mapear os gargalos

Identificar tudo o que está funcionando ou não nos processos de logística é o primeiro passo para entender o que precisa ser melhorado e o que deve continuar sendo feito. 

Por isso, todas as áreas envolvidas devem ser mapeadas e analisadas, desde o pedido de compra de produtos com o fornecedor, como esses itens são organizados no estoque, como são separados os pedidos quando o cliente faz uma compra online, como a mercadoria é embalada, o prazo de entrega e até o relacionamento pós-venda com os clientes. Tudo isso está direta ou indiretamente relacionado ao sucesso da gestão logística.

2. Utilizar sistemas de gestão

Após identificar quais são os desafios, é recomendável ter um sistema ERP que otimize os processos, automatize tarefas e diminua a ocorrência desses erros. Entre outros benefícios, esses softwares garantem muito mais controle sobre entradas e saídas de produtos, facilitam os pedidos de compra, e ajudam a controlar as entregas das mercadorias. 

Para saber mais sobre o tema, leia também nosso artigo sobre como o business intelligence pode ser aplicado à gestão logística!

Pesquise no blog da CISS
Pesquisar
Artigos recentes​
Inscreva-se

Quer receber dicas de gestão exclusivas gratuitamente?

Para saber mais sobre como a CISS coleta, utiliza, compartilha e protege seus dados pessoais, leia a Política de Privacidade da CISS.

Compartilhe:
Você poderá gostar também: