Pesquisar
Close this search box.

Como vender pelo Whatsapp: dicas para varejistas

A pesquisa Digital 2022 Brazil mostrou que 96,4% dos brasileiros usam o WhatsApp. O aplicativo lidera o ranking de popularidade no país e, por isso, estabelecimentos de varejo que ainda não o adicionaram como ferramenta estratégica de marketing e vendas estão deixando boas oportunidades passarem.

Dos menores aos maiores varejistas, o que vai desde a pessoa que vende seus próprios produtos artesanais até os gigantes do mercado como a C&A, já são muitos os que usam o app de mensagens instantâneas para converter vendas. 

Se você também quer adicionar essa nova possibilidade aos compradores do seu varejo, leia este artigo e confira quatro dicas essenciais para vender pelo WhatsApp. Antes de tudo, é essencial lembrar que de acordo com a LGPD, o usuário precisa dar consentimento para ser contatado pela marca. 

1. Construa um relacionamento com os clientes

Antes de tentar vender pelo WhatsApp, é importante que você construa um relacionamento com seus clientes no aplicativo. Você pode fazer isso enviando mensagens personalizadas, respondendo rapidamente às perguntas e fornecendo informações úteis sobre seus produtos — incluindo imagens. Isso irá ajudá-lo a criar uma base sólida de contatos.

Não se esqueça, também, da importância de manter um bom relacionamento pós-venda.

2. Utilize a ferramenta de listas de transmissão

A ferramenta de listas de transmissão é uma ótima maneira de enviar mensagens em massa para seus clientes, o que é fundamental para vender pelo WhatsApp. Você pode categorizar clientes interessados em um determinado produto e enviar uma mensagem direcionada para eles. 

Lembre-se de personalizar os conteúdos, incluindo o nome da pessoa e outras informações relevantes, porque isso é importante para a construção do relacionamento citada na dica anterior.

3. Ofereça promoções exclusivas

Oferecer promoções exclusivas e personalizadas de acordo com o gosto do cliente e com a ferramenta é uma ótima forma de incentivar as compras pelo WhatsApp. Desconto em datas especiais (incluindo aniversário) e frete grátis são boas opções.

4. Facilite o processo de compra

Certifique-se de que o processo de compra no WhatsApp seja fácil e eficiente. Forneça informações claras sobre como os clientes podem fazer um pedido e pagar por seus produtos. Oferecer diferentes formas de pagamento, atualmente, é fundamental: cartão de crédito, transferência bancária, boleto e PIX não podem faltar, porque dessa forma a sua loja facilita a vida do comprador e o impulsiona a tomar a decisão de fechar a compra. 

No caso das grandes redes, a compra pelo aplicativo pode ser feita até mesmo dentro da loja, para facilitar o processo. Assim, ao invés de pegar a fila do caixa, o cliente pode concluir a transação pelo app com o auxílio de um vendedor e já sair dali com o(s) produto(s) em mãos.

Para saber mais sobre possibilidades de integração de postos de venda como essa, leia também o nosso artigo que fala de como a estratégia omnichannel pode impactar o varejo

Pesquise no blog da CISS
Pesquisar
Artigos recentes​
Inscreva-se

Quer receber dicas de gestão exclusivas gratuitamente?

Para saber mais sobre como a CISS coleta, utiliza, compartilha e protege seus dados pessoais, leia a Política de Privacidade da CISS.

Compartilhe:
Você poderá gostar também: