Pesquisar
Close this search box.

Quais funcionalidades um sistema de gestão integrado para franquias deve ter?

Quem é varejista sabe o quão importante é ter um sistema de gestão integrado para organizar todos os setores da empresa, acessar informações em tempo real e manter o controle para gerar mais vendas e tornar as operações mais produtivas e eficientes. 

Quando falamos em franquias, integrar os dados e manter uma comunicação unificada entre as empresas da rede é ainda mais importante. Continue lendo o artigo para saber quais funcionalidades se aplicam nesse segmento e como elas podem beneficiar as lojas franqueadas e a própria franqueadora. 

Funções de um sistema de gestão integrado para franquias

Um sistema de gestão integrado não significa que a sede controlará tudo o que acontece em todas as unidades de sua franquia. Afinal, cada loja tem um dono e uma gestão diferente. No entanto, a franqueadora precisa ter acesso a certas informações para saber como estão os negócios, por isso um sistema que permita a integração dos dados é tão importante. 

Veja abaixo algumas funções que um sistema de gestão integrado deve ter para gerar mais resultados no segmento de franchising:

1. Comunicação entre franqueadores e franqueados

Quando uma loja começa a abrir franquias, a comunicação entre o franqueador e o franqueado deve ser a sua primeira preocupação. Isso porque essa relação é essencial para manter as mesmas estratégias de:

Se cada unidade fizer de um jeito, o resultado final será completamente diferente e, possivelmente, com muitas falhas que poderiam ser evitadas. Um sistema para franquias deve, portanto, permitir uma integração entre as lojas e a central de modo que a franqueadora mantenha seus padrões e controles, enquanto os franqueados tiram proveito dessa padronização para focar nas vendas e aumentar os lucros. 

2. Análise de dados em tempo real

Um sistema de gestão serve, principalmente, para que você tenha acesso aos principais dados relacionados à sua empresa. Em franquias, isso é importante porque ajuda a franqueadora a tomar decisões estratégicas para o negócio, melhorar sua gestão financeira e ter uma visão clara sobre o andamento das unidades — sem infringir a privacidade de cada dono de negócio.

Se as informações entre as franqueadas estão desatualizadas, a franqueadora fica mais suscetível a erros, colocando em prática estratégias que não terão sucesso. 

Por exemplo, se as vendas de um produto não estão performando bem em determinada região, a atualização dos dados em tempo real permite que a gestão identifique esse problema e aja com rapidez para mudar a estratégia de marketing, alterar o produto em si ou até mesmo parar de comercializá-lo naquela região. Esse ponto é essencial para que a franquia atinja suas metas.

Não sabe qual sistema implementar no seu negócio? Veja 6 dicas para escolher o melhor sistema de franquias para sua rede de lojas. 

Pesquise no blog da CISS
Pesquisar
Artigos recentes​
Inscreva-se

Quer receber dicas de gestão exclusivas gratuitamente?

Para saber mais sobre como a CISS coleta, utiliza, compartilha e protege seus dados pessoais, leia a Política de Privacidade da CISS.

Com as tags:
Compartilhe:
Você poderá gostar também: