Pesquisar
Close this search box.

ERP e proteção de dados: vantagens para empresas franqueadoras

Quando falamos em ERP (Enterprise Resource Planning) e todas as integrações possíveis por meio desse software, torna-se evidente a estreita relação entre ERP e proteção de dados.

Como o sistema centraliza o gerenciamento de inúmeras informações e armazena dados importantes sobre vendas, recursos humanos, finanças, suprimentos e outros tantos, a proteção desses dados torna-se essencial para garantir a segurança e confiabilidade das operações.

Ao nos voltarmos para empresas franqueadoras, essa relação ganha ainda outra importância, pois o ERP ajuda a garantir a segurança e a uniformidade das operações em todas as unidades.

Mas por que estamos falando isso? Porque se houver um vazamento de dados ou alguém acessar informações sensíveis da franquia sem ter autorização para tanto, isso pode acarretar em diversos tipos de problemas.

Neste artigo, mostraremos como investir em um sistema ERP confiável para evitar possíveis impactos negativos no seu negócio por conta de falhas na proteção de dados.

Desafios da segurança de dados em franquias

Devido à dispersão geográfica e variedade das operações, franquias costumam ter sistemas ERP para organizar as diversas camadas de seu gerenciamento. No entanto, mesmo com um software eficaz, é preciso ficar atento a outras questões que também podem ferir a segurança dos dados. Pois nem toda ameaça vem de fora.

Eis alguns dos desafios:

  • Acesso não autorizado: é preciso evitar que dados sensíveis da empresa, como informações financeiras, pessoais ou comerciais sejam acessados por pessoas não autorizadas.
  • Perda ou roubo de dados: se pessoas não autorizadas acessarem informações importantes da empresa, pode haver perda ou vazamento de dados (de forma acidental ou maliciosa).
  • Alteração ou adulteração de dados: outro ponto relacionado ao acesso não autorizado e que pode gerar diversos tipos de impactos negativos como perda de clientes, receita e fornecedores.

Sistema ERP na proteção de dados

Atualmente, sistemas ERP vêm equipados com recursos de segurança avançados para proteger dados sensíveis. Isso inclui criptografia de dados, autenticação robusta e monitoramento em tempo real. Tudo para prevenir acessos não autorizados e vazamentos de dados.

Os sistemas ERP da CISS, por exemplo, contam com uma série de recursos de segurança, como:

  • Controle de acesso: os ERPs da CISS permitem que a empresa defina permissões de acesso granulares, de acordo com as necessidades de cada usuário.
  • Autenticação e autorização: é possível exigir que os usuários se autentiquem antes de acessarem informações e que sejam autorizados para realizar determinadas ações.
  • Criptografia: o sistema criptografam os dados sensíveis para protegê-los de acessos não autorizados.
  • Backup e recuperação de dados: os sistemas ERP da CISS garantem que seus dados nunca sejam perdidos.

Mas isso não é tudo. Um bom ERP ajuda ainda na padronização de processos em todas as unidades franqueadas, o que também pode influenciar na segurança dos dados. Isso porque processos consistentes minimizam erros e lacunas na segurança, garantindo que os procedimentos de proteção de dados sejam aplicados de forma consistente em todas as unidades.

Dados e compliance sem complicação

Não poderíamos deixar de citar que um bom ERP deve auxiliar o seu negócio a operar dentro das diretrizes de proteção de dados, como a LGPD — Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais. Assim, o sistema deve atender aos requisitos da regulamentação e fornecer à empresa os recursos necessários para cumprir as suas obrigações legais.

Escolha e implementação de um ERP

A seleção de um ERP adequado exige a consideração de vários fatores, como a escala das operações da empresa franqueadora, as necessidades específicas do setor e a facilidade de integração. Assim, a empresa deve avaliar cuidadosamente as suas necessidades antes de escolher um ERP que atenda aos requisitos levantados.

Após fazer sua escolha, acompanhe de perto a implementação do sistema. Ele deve ser realizado por profissionais qualificados para garantir que tudo funcione corretamente e que os dados da empresa fiquem protegidos.

E para melhorar ainda mais a segurança dos seus dados, esteja ciente dos seguintes pontos:

  • Cultura de segurança: a empresa deve criar uma cultura de segurança que promova a conscientização e a importância da proteção de dados.
  • Treinamentos: os colaboradores devem receber treinamento constante sobre segurança de dados para que possam identificar e mitigar ameaças.
  • Testes de segurança: a empresa deve realizar testes de segurança regularmente para identificar e corrigir vulnerabilidades.

CISSLive, o ERP que protege seus dados

O CISSLive garante a segurança dos seus dados porque é um software cloud que utiliza uma infraestrutura referência no mercado, conta com criptografia de alta segurança e faz backups automáticos. Além disso, ele foi desenvolvido por profissionais com mais de 30 anos de experiência em soluções de gestão para o varejo.

O CISSLive é um sistema de gestão online que simplifica as tarefas diárias a partir da gestão integrada de todas as áreas da sua rede de franquias, promovendo flexibilidade e agilidade para o seu dia a dia. Para saber mais, clique aqui e agende uma demonstração.

Pesquise no blog da CISS
Pesquisar
Artigos recentes​
Inscreva-se

Quer receber dicas de gestão exclusivas gratuitamente?

Para saber mais sobre como a CISS coleta, utiliza, compartilha e protege seus dados pessoais, leia a Política de Privacidade da CISS.

Compartilhe:
Você poderá gostar também: