O mundo dos negócios está mudando, se tornando mais competitivo e, por isso, exigindo novas posturas dos gestores. Não é mais viável realizar tarefas na base do achismo. Ou seja, executada sem planejamento ou padronização, esperando por um resultado bom o suficiente.

Hoje em dia, é preciso investir em processos, metodologias e ferramentas a fim de otimizar mesmo as atividades mais simples. Para tanto, implementar a gestão da qualidade em sua empresa pode ser o melhor caminho.

Quer entender do que se trata e como ela ajuda na melhoria dos resultados? Então, siga com a leitura deste artigo e descubra!

O que é gestão da qualidade?

Gestão da qualidade é o conjunto de ações que planejam, organizam, sistematizam e padronizam a execução de atividades operacionais e de acompanhamento, visando a qualificação dessas e, por consequência, de seus resultados, diminuindo inconformidades, erros e retrabalhos.

Ao mesmo tempo que regulamentam como fazer cada tarefa relacionada à atividade-fim da empresa ou as de apoio e gestão, definem a maneira de apurar se tudo está sendo feito de acordo com o estipulado.

Funcionamento

Para a sua implementação utiliza-se o chamado Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ). Trata-se de um manual de trabalho no qual são estabelecidas quais atividades devem ser feitas, como fazê-las e quem é o responsável por realizá-las. Assim, todas as operações passam a ter um padrão de execução a fim de gerar um resultado qualificado.

Além disso, com esse instrumento é possível controlar os processos, possibilitando a identificação de oportunidades de crescimento ou de melhorias, de maneira a implementá-las de forma contínua. Esse acompanhamento pode ser feito com a associação de indicadores e objetivos a cada prática ou por meio da verificação de sua adequação à norma.

Pilares

A gestão da qualidade se baseia em um conjunto de princípios que o sistema utilizado para sua aplicação deve se adequar. Esses pilares servem para nortear o planejamento e a implantação desse modelo de administração. São eles:

  • domínio da qualidade;
  • foco na prevenção de problemas;
  • priorização de acordo com a criticidade;
  • análise de causas;
  • aprendizado constante e com os erros;
  • cliente como centro;
  • liderança;
  • proatividade;
  • responsabilidade compartilhada;
  • melhoria contínua;
  • decisão baseada em dados e fatos;
  • visão sistêmica;
  • gerenciamento por processos;
  • conscientização de todos os envolvidos.

Importância

O acirramento da concorrência já não permite uma administração que conta com a sorte para manter o negócio. Obter vantagem competitiva em todos os aspectos é fundamental. Assim, aplicar a gestão da qualidade se tornou um meio para isso, uma vez que gera resultados positivos em diversos aspectos da organização. Desde a produtividade da equipe até a tomada estratégica de decisões.

Como uma boa gestão da qualidade ajuda a gerar resultados positivos para a empresa?

Como visto, a gestão da qualidade tem como objetivo otimizar a realização de todas as atividades organizacionais, proporcionando resultados mais qualificados. Uma relação causa e efeito explica como isso acontece. Entenda!

Aumento da produtividade e do desempenho

A relação entre gestão da qualidade e o aumento da produtividade e do desempenho está nos efeitos da padronização de tarefas. Com isso, elas se tornam mais rápidas de serem executadas, pois eliminam ações desnecessárias ao processo ou a necessidade de retrabalhos, visto que as operações são realizadas com a maior otimização possível.

Redução de custos e desperdícios

A redução de custos ocorre por diversos motivos associados a gestão da qualidade. Com o aumento da produtividade e a eficiência, bem como, seus efeitos —limitar erros, retrabalhos e minimizar desperdícios — os gastos são reduzidos.

Promoção da melhoria contínua

A melhoria contínua é causa e consequência da gestão da qualidade, bem como, uma fonte de vantagem competitiva. Isso se deve a gestão da qualidade ser um modelo de administração por processos, em que são aplicadas as melhores práticas conhecidas, e incentivado o desenvolvimento de formas ainda mais otimizadas de trabalhar, elevando a capacidade de controle das operações.

Ampliação da satisfação dos clientes

O foco no cliente permite entender melhor seus desejos e responder adequadamente a eles. Tanto no que se refere a qualificação dos processos comerciais como em relação às mercadorias oferecidas. Em consequência, uma relação de confiança é desenvolvida e a fidelização acontece.

Elevação da lucratividade

O aumento da lucratividade é um efeito direto da otimização operacional e financeira, associada a melhoria na capacidade de atender a clientela. Trata-se de uma conta simples: quanto menos custos e mais vendas ,melhor será o lucro da empresa.

Maior capacidade competitiva

Todos os benefícios da gestão da qualidade — custos menores, eficiência operacional, adequação ao público alvo etc. — são fontes de vantagem competitiva, pois afetam dois diferenciais para superar a concorrência: preço e qualidade.

Melhora da comunicação interna

A comunicação interna é um dos componentes principais para que a gestão da qualidade aconteça. O alinhamento entre todos os envolvidos, eliminando incompreensões e distorções, é fundamental para que seu funcionamento seja adequado. Isso favorece a inteligência empresarial e a tomada de decisão assertiva. Visto que, as características desse modelo de trabalho influenciam a melhora nesse fluxo.

Como a tecnologia pode ajudar na gestão da qualidade?

A melhor tecnologia para auxiliar empresas a implantarem e usarem a gestão da qualidade está nos softwares tipo ERP. Nestes, os processos são organizados, centralizando sua execução e acompanhamento.

Robusto e modular, o CISSPoder é o sistema para isso. Ele faz toda a gestão por meio de módulos como compras, estoque, vendas, logística, controladoria, financeiro, pós-venda e relatórios. Esses recursos se comunicam, podendo ser integradas com outras soluções, plataformas e aplicativos utilizados em seu negócio, para automatizar processos e potencializar os benefícios da tecnologia para a gestão da qualidade.

Problemas contábeis e fiscais, como dados incorretos, demora para fechar a venda no caixa e controle da inadimplência, são eliminados. Além disso, apoiamos a sua empresa durante todo o processo, da contratação, com diagnóstico adequado, implantação guiada, treinamentos, até o suporte técnico.

Que tal aliar a metodologia da gestão da qualidade com a agilidade da tecnologia para diminuir, ainda mais, o tempo de realização das atividades e facilitar o controle do andamento ou resultados do seu negócio? Entre em contato conosco e comece hoje!

Compartilhar