Cross merchandising: 4 dicas para aplicar no supermercado

Precisa dar aquele “up” no supermercado e estimular as vendas? Cross merchandising é uma técnica utilizada por grandes redes do varejo e pode ser facilmente aplicada em qualquer estabelecimento comercial.

Neste artigo, apresentamos várias dicas que você pode aplicar para identificar o comportamento do consumidor, melhorar a apresentação dos produtos e estimular as vendas. Vamos lá?

Compreenda o que é cross merchandising

Cross merchandising é uma estratégia de combinação de mercadorias nos pontos de vendas para estimular a compra em conjunto. Dessa maneira, o consumidor acaba adquirindo mais itens por impulso ou porque se lembrou de que também precisa deles.

Um exemplo de cross merchandising aplicado em supermercados ocorre quando o queijo parmesão ralado e o molho de tomate são colocados próximos aos pacotes de macarrão. Assim, essa exposição sugere que é melhor comprar todos os itens de uma só vez para poder preparar aquela macarronada deliciosa, ao mesmo tempo em que ajuda o consumidor a lembrar de todos os ingredientes necessários.

Principais tipos da técnica

Essa disposição combinada das mercadorias pode ser feita tanto na loja física como na virtual, afinal, a ideia é facilitar o acesso de itens que podem ser consumidos em conjunto, estimulando a compra. Sendo assim, há diferentes tipos de cross merchandising. Veja:

Como o cross merchandising pode auxiliar as vendas do supermercado

A técnica já é utilizada pelas grandes redes de supermercados e também em muitas lojas virtuais. Quer saber como aplicar esse conhecimento no seu negócio? Separamos algumas dicas para ajudá-lo.

1. Estude o público-alvo

Antes de combinar os produtos dentro do supermercado, é importante conhecer qual é o seu público-alvo. É claro que diferentes perfis de pessoas podem comprar no estabelecimento, mas geralmente há algumas características comuns entre os consumidores.

Um supermercado de vendas de atacado, por exemplo, costuma atrair mais os clientes em busca de preços baixos e artigos populares. Em contrapartida, um estabelecimento com itens mais selecionados vende para os consumidores mais exigentes em termos de qualidade e que, por isso, não se importam de gastar um pouco mais.

Ao conhecer o seu público-alvo, fica mais fácil identificar os itens que você pode vender no supermercado e também quais são as melhores combinações para oferecer aos consumidores. Para tanto, procure entender quais são as pessoas que visitam o estabelecimento atualmente e identifique quais mercadorias têm maior número de vendas. A partir daí liste ideias de como elas se relacionam com outras.

2. Invista em inteligência de marketing

É muito importante usar os históricos das vendas do supermercado a favor das suas estratégias de marketing e vendas. Como fazer isso? Muitos sistemas utilizados para gerir os estoques e comercializar os produtos conseguem unir informações relevantes sobre os itens mais vendidos, registrar um histórico de vendas em determinado período do ano, entre outros dados.

Sendo assim, você pode utilizar essas informações para saber quais mercadorias precisa comprar mais e quais podem ser combinadas nos pontos de venda. Outra ideia a ser aplicada é utilizar um aplicativo para facilitar a comercialização online e registrar a compra de cada cliente. Dessa maneira, é possível criar promoções personalizadas para o consumidor e estimular as vendas.

3. Seja criativo

Faça as combinações tradicionais das mercadorias, mas também use a criatividade para fugir do óbvio e vender mais. Você pode reservar alguns momentos do seu dia para acompanhar o comportamento do consumidor dentro do supermercado. Assim, será possível identificar os itens comprados em conjunto e que talvez você ainda não tenha utilizado nas suas ações de cross merchandising.

Quer um exemplo? Uma grande rede de supermercados percebeu que, geralmente, casais com recém-nascidos não conseguem sair para jantar. Logo, eles passam a consumir mais produtos em casa. Uma combinação inusitada nos pontos de vendas foi a colocação de cervejas próximo das fraldas. Por quê? Quem antes consumia o produto em bares e restaurantes agora vai precisar ficar em casa com a família. O resultado foi muito positivo e essa história foi muito difundida entre profissionais de trade marketing. Por isso, teste! Fuja do óbvio para surpreender seus clientes.

4. Crie ações de live marketing

Escolha um dia da semana para fazer a demonstração de produtos nos seus pontos de vendas. Muitas vezes, você pode combinar isso com o representante de determinada marca, pois ele também tem interesse em vender mais das suas mercadorias.

Por exemplo: a sexta-feira e o sábado podem ser os momentos ideais para oferecer linguicinha, farofa e pão de alho aos clientes. Afinal, é uma boa “deixa” para eles terem vontade de comprar os produtos e prepararem um bom churrasco no final de semana.

O que não fazer no supermercado

Além de criar ações inteligentes de cross merchandising, é essencial dar atenção aos erros cometidos em muitas lojas. A seguir, listamos os principais para você ficar de olho e não repeti-los.

Ausência de espaços negativos

Muitos donos de supermercados acreditam que a melhor forma de vender é lotar as prateleiras e os corredores com mercadorias, mas isso é um grande erro. É necessário deixar espaços vazios para os consumidores conseguirem circular bem dentro da loja, olhar os produtos e visualizar aqueles que estão em promoção ou em destaque. Sendo assim, cuide para não criar uma poluição visual dentro do supermercado, ou o efeito vai ser contrário ao esperado.

Excesso de mercadorias em promoção

Outro cuidado especial nos pontos de venda é quando você coloca os produtos em promoção. É importante ter uma quantidade disponível aos clientes. No entanto, lembre-se de não lotar a prateleira com eles. Por quê? Encher uma área com uma mesma mercadoria em promoção pode criar a sensação de que o produto está vencendo e você quer se livrar dele a qualquer custo.

Promoções na entrada do supermercado

É possível chamar a atenção dos clientes para as mercadorias em promoção, mas não precisa colocar todas já na entrada do estabelecimento. Muitas vezes, isso cria uma poluição visual e pode dar a sensação de que a sua loja só vende produtos baratos e perto da data de vencimento.

Pronto! Agora você já sabe como utilizar as principais técnicas de cross merchandising para atrair clientes e vender mais. Que tal aplicar essas dicas no seu supermercado e obter resultados ainda melhores? Aproveite a sua visita aqui no blog e conheça outras técnicas para destacar as suas mercadorias!

Compartilhar

Você vai se interessar também

Como vender por meio do celular em loja de material de construção?

by CISS S.A
2 anos ago

Como criar promoções no supermercado para vender mais?

by CISS S.A
2 anos ago

Como trazer tecnologia no PDV e aumentar a rentabilidade do seu negócio

by CISS S.A
9 meses ago
Sair da versão mobile